Lula manda juiz Sérgio Moro enfiar o processo no rabo | Politicos Do Brazil
Lula manda juiz Sérgio Moro enfiar o processo no rabo
Por admin
06/03/2016

Sim, caros leitores, vocês não leram errado o titulo desse artigo. Realmente isso aconteceu, o ex presidente (que se sente dono do país) Lula 9 Dedos mandou, com todas as letras, o juiz Sérgio Moro enfiar o processo contra ele na operação Lava Jato, no meio do c*.

Pode parecer um ultraje, que na verdade é, mas em se tratando de Lula nada surpreende, nada mesmo.

Por que isso aconteceu? Por que o ex presidente foi tão “amistoso” com o juiz paranaense? Por que usou termo tão pesado e sem educação nenhuma?

Bom, antes de mais nada, ele fez isso porque é um desqualificado moral, uma pessoa sem honra nenhuma e desprovida de inteligencia.

Mas… vamos por partes porque o caso é complicado e teve inicio algum tempo atrás.

Como é sabido por muitos, o Ministério Público vem a alguns dias investigando o tal sitio que Lula TEM em Atibaia e também o triplex que ELE TEM no Guarujá.

Apesar de desmentir as informações, toda investigação está levando a um único propósito: fazer Lula se explicar sobre os 2 imóveis.

O proba disse que “ganhou” o sitio de Jacó Bittar, ex prefeito de Campinas e um dos fundadores do PT. O grande lance nessa história é que Jacó não tem a fortuna que tem Lula, sendo assim, como e por que ele compraria um sitio para Lula se o ex presidente tem dinheiro suficiente para comprar?

Bom, para quem não está no meio das investigações a resposta só pode ser uma… Lula comprou sim o sitio, mas colocou no nome de outra pessoa, o famoso laranja. Viajei na maionese? Acho que não.

No mesmo sitio, foi feito uma reforma gigantesca… quem pagou? O sr José Carlos Bumlai, preso pela lava jato e mencionado na investigação da morte do prefeito Celso Daniel. Já falamos sobre ele aqui nesse link. Deem uma lida.

Viram como o Lula tem sorte? Um compra e outro reforma. E ele? Só desfruta…

Sobre o triplex no Guarujá, claro que Lula também diz que não é dele, mas… segundo essa reportagem e com imagens da Rede Globo, Lula esteve no triplex com Roberto Moreira e Léo Pinheiro (ambos investigados pela Lava Jato), ou seja, se até a Globo está investigando, sinal que alguma coisa muito podre está fedendo… pode ser bafo de cachaça… será?

Lula foi chamado na ultima semana de fevereiro para depor sobre as situações citadas. O que ele fez? Não foi. Se recusou a ir. Por que? Quem não deve, não teme…

Só que no ultimo dia 03/03, o ex presidente foi obrigado a depor na Policia Federal. Saiu de camburão e tudo. Cena épica.

Ele foi levado até o aeroporto de Congonhas e depôs na sala que a Policia Federal tem lá. Como gostariamos de estar lá para presenciar esse momento!!!

Depois de depor, o ex presidente foi para sua residencia e logo depois iria (como acabou indo) dar uma coletiva no diretório nacional do PT, que logicamente estava repleto de puxa sacos.

Quem estava no apartamento de Lula era a deputada Jandira Feghali, do PcdoB/RJ, ela fez um vídeo para demonstrar a “aparente” tranquilidade do ex presidente.

Mas ela não contava com o total despreparo do sr Lula da Silva. No vídeo ouve-se claramente o momento em que Lula, visivelmente irritado, diz “eles que enfiem o processo no c*”.

Pra meio entendedor meia palavra basta, ficou evidente que ele estava se referindo ao juiz Sérgio Moro e a operação Lava Jato em si.

A deputada, que é de uma inteligencia impar, acabou complicando o ex presidente com esse video. Detalhe: o video apareceu hoje (05/03) no facebook oficial da deputada, mas como num passe de mágica, acabou sendo deletado. Provavelmente a deputada não contava com a rapidez da internet e redes sociais, porque o video viralizou e todo mundo teve acesso.

Ah… no showmicio de Lula no diretório nacional, o cidadão disse algo enigmático… “se quiseram matar a jararaca, não bateram na cabeça, acertaram o rabo…” Bem significativo isso hein?

Até o próximo artigo!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2017