Alexandre Garcia e a verdade sobre o regime militar no Brasil! | Politicos Do Brazil
Alexandre Garcia e a verdade sobre o regime militar no Brasil!
Por admin
17/08/2016

O assunto “regime militar” traz à tona muitas discussões ásperas e porque não dizer, com certas doses de nervosismo e muita falta de respeito da parte dos esquerdistas em geral.

Eles vociferam aos 4 ventos que a o regime militar (que eles chamam de ditadura) foi um período negro de nossa história, onde muitas pessoas “inocentes” perderam suas vidas apenas e tão somente porque lutavam pela liberdade.

Entre essas pessoas da esquerda que “lutavam pela liberdade”, destacam-se os mesmos que afundaram o Brasil desde a volta para “democracia”.

São eles: Lula, Dilma, Genoíno, Dirceu e outros de menor importância.

Oras… se essas figuras carimbadas que foderam (desculpem o termo) o Brasil nos 13 anos em que o PT esteve a frente da presidência, dizem que o regime militar foi um maleficio para o país, isso significa que a história que contam na escola e em alguns livros de história não é bem essa, não é mesmo?

Afinal, quando pessoas de tão baixo nível de confiança dizem algo, você sempre tem que acreditar no contrário, é algo meio que automático. Não se confia em pessoas da esquerda, em hipótese alguma, jamais!!!

E como sempre fazem, eles elegem alguém para servir de “bode expiatório” para tentar chancelar suas mentiras. Um baixo nível de respeito pelo ser humano assustador, algo que beira a demência total.

Uma dessas pessoas seria o grande jornalista da Globo, o experiente Alexandre Garcia.

A esquerda diz há muito tempo que Alexandre Garcia foi um “espião” do regime militar, um tipico X9. Algo que o Lula foi em sua época de sindicalista e que insiste em desmentir.

Mas a verdade nua e crua, pelo menos no caso de Alexandre Garcia, é que isso não passa de uma falácia sem tamanho. Uma mentira que muitos acabaram acreditando sem ao menos tentar procurar se era verdade mesmo ou não.

Por algum tempo o experiente jornalista meio que não quis se desgastar com essa história e deixava o assunto de lado.

Mas até a pessoa mais paciente se enfurece com a falta de respeito dos esquerdistas que gostam de torrar o “saco” das pessoas até o talo.

No dia 10 de agosto desse ano, em seu perfil oficial no Facebook, Alexandre Garcia enfim resolver falar sobre o assunto. Mas ele foi além, muito além aliás… ele deu detalhes importantes sobre o regime militar e fez algumas revelações importantes.

Na verdade, são revelações para quem nunca se deu ao trabalho de ler sobre o nosso regime militar.

Mas pra quem algum dia leu sobre o assunto, não se mostrou perplexo, inclusive o editor do blog que leu com naturalidade o desabafo de Alexandre Garcia.

Destacam-se 3 pontos muito importantes nesse relato do jornalismo que pontuamos a seguir:

1- Alexandre Garcia foi sequestrado pelo grupo Vanguarda Armada Revolucionária. Pra quem não conhece, esse era o mesmo grupo TERRORISTA que faziam parte Carlos Lamarca e Carlos Franklin Paixão de Araújo, ex marido da ex presidente do Brasil, dona Dilma Vana Rousseff. Leia aqui mais sobre a VAR-Palmares.

2- O livro Dos Filhos Deste Solo, que conta a história do regime militar (na ótica dos esquerdistas) foi escrito por Nilmário Miranda, que foi simplesmente Ministro de Direitos Humanos de… Lula!

3- Tivemos um total de 500 mortes num período de 20 anos (1964-1984), que foi o tempo que durou o regime militar. Esse número, que os esquerdistas consideram um absurdo, representa 3 dias de assassinato no Brasil de hoje. Repito: 3 DIAS!

Uma revelação surpreendente e que vai deixar muita gente de queixo caído é que foi o jornalista quem deu a noticia em 1980 de que a sucessão de Figueiredo seria civil, ou seja, que o regime militar seria substituído por um governo civil.

Isso foi o estopim para o pessoal da esquerda colocar na cabeça de muitos a ideia de que Alexandre Garcia era um porta-voz do governo militar, o que não passa, como já dissemos, de uma falácia.

A esquerda sempre quis ter os “louros” da vitória de quem foi ela quem conseguiu tirar os militares do poder com aquele engodo do “Diretas Já”. Mas isso não cola mais. E o jornalista deixa isso bem claro em seu texto. Uma clareza impressionante.

Abaixo reproduzimos o texto. Leiam com muita atenção!

Alexandre Garcia

Alexandre Garcia 1

Caso queiram realmente saber o que foi a chamada “ditadura” pelos esquerdistas, mas que na verdade nada mais foi do que um regime militar que nos livrou dos comunistas naqueles tempos, sugiro que leiam o livro “Ditadura à Brasileira”, do historiador Marco Antônio Villa.

Em breve, mais um artigo! Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2017