João Dória Jr foge do esteriótipo de politico profissional. E isso é ótimo! | Politicos Do Brazil
João Dória Jr foge do esteriótipo de politico profissional. E isso é ótimo!
Por admin
08/11/2016

O empresário João Dória Jr foi a grande surpresa nessas eleições de 2016.

Primeiro por não ser um politico de carreira, ele sempre diz que não é politico e sim um gestor, e segundo por ter conseguido algo inimaginável, ou seja, ganhar as eleições no primeiro turno em SP (a última vez que isso aconteceu foi em 1992) com uma votação histórica e esmagadora. Para quem não lembra, a vitória de Dória se deu com 53%. Foi uma surra homérica e devastadora.

E é preciso enfatizar que o empresário sempre esteve na 4ª ou 5ª posição em todas as pesquisas antes das eleições. Ficando atrás até de Major Olímpio (VERGONHA!) e Luíza Erundina.

Até os mais otimistas dentro do PSDB, entre eles o governador Alckmin, não imaginavam o desfecho espetacular que coroou uma candidatura que, finalmente, colocou alguém que não é um politico profissional no cume da montanha da prefeitura de São Paulo.

Apesar das criticas que levou, sempre advindas dos adversários de esquerda, mais precisamente Haddad e Erundina, Dória nunca perdeu a compostura (fruto também da educação que teve) e levou a candidatura até o fim, sem espezinhar seus adversários em nenhum momento.

O único alvo preferido do prefeito eleito sempre foi o PT. Nesse partido ele não teve dó mesmo. Bateu com vontade em entrevistas e debates, mas sempre com respeito.

Erundina, aliás, chegou ao cumulo de dizer que Dória não poderia olhar pelos mais pobres porque é um homem milionário, mencionando até um imóvel que o prefeito eleito tem, falando do valor “absurdo” que ele paga de IPTU, etc… claro que Dória deu uma resposta a altura, dizendo que tudo que ele tem foi ganho com suor do seu trabalho e não foi “presente” de ninguém. E mais ainda, disse que vai doar todo seu salário de prefeito durante os 4 anos de mandato.

Um mantra que Dória sempre repetiu nas campanhas e repete em qualquer lugar que vá é de que ele não é um politico e sim um gestor.

Sim, ele tem roda razão, apesar de alguns “jornalistas” sempre o questionarem quanto a essa afirmação. Ele não é mesmo um politico “profissional” e jamais será. Uma prova disso é a forma como ele se dirige ao eleitorado, ou seja, sem promessas… ele diz que VAI fazer e não que vai tentar fazer, existe um enorme espaço entre essas duas formas de se dirigir ao “povo”. E o povo escolheu aquele que não tem vícios políticos e não será contaminado pela maldição que a politica joga sobre aqueles que se atiram em suas garras.

Apesar de ter cometido um pequeno tropeço quando disse que vai convidar Marta Suplicy, Haddad, Erundina, Kassab e Maluf para lhe “ajudarem” no comando da cidade, o empresário tem tudo para fazer um governo, frente a prefeitura, memorável. Dizendo que os convidou porque todos já foram prefeitos e conhecem os problemas da cidade (apesar de todos, sem exceção, serem responsáveis diretos pela situação que a cidade se encontra), o prefeito eleito mostrou que sabe fazer “amizades” na esfera politica. A cidade torce pra que dê certo.

Agora a grande frase que João Dória disse desde o começo da disputa pela prefeitura foi “eu não sou candidato a reeleição”. Por que ele disse isso? Porque, segundo ele, a reeleição faz um mal a democracia e ajuda no processo de corrupção. E ele está certíssimo! Quer mostra maior do que essa para provar de vez que ele não é e nunca será um politico profissional???

Ele está no caminho certo. Tem tudo pra dar certo. Obstante o fato do anti petismo ter prevalecido em todo o Brasil nessas eleições, especialmente em SP a população mostrou que realmente quer algo realmente novo. Alguém com ideias novas e com vontade de trabalhar, diferentemente do ex prefeito Haddad, que foi apelidado de Jaiminho pelo professor Marco Antonio Villa, tal a falta de vontade de trabalhar e sempre querer evitar a fadiga.

Antes de terminar o artigo, deixamos o vídeo da ótima entrevista de João Dória Jr no programa “Roda Viva” de ontem (07/11/16). Mesmo com esquerdistas convictos entre os entrevistadores, ele se saiu muito bem e mostrou sua maior qualidade: a sinceridade.

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2017