Morre Fidel Castro, um dos maiores assassinos do século 20! | Politicos Do Brazil
Morre Fidel Castro, um dos maiores assassinos do século 20!
Por admin
27/11/2016

Estamos voltando depois de uma parada por probleminhas de saúde. Agora firmes e fortes.

Nesse artigo, vamos falar um pouco e tentar dissecar tudo que envolve a morte de um dos maiores assassinos do século XX, o homem que colocou Cuba num atraso sem precedentes, responsável por milhares de mortes e pela fuga desesperada da ilha caribenha em botes improvisados, muitos arriscando suas vidas e de suas famílias, tudo pra fugir do ditador assassino e cruel.

Já fizemos 2 outros artigos sobre Fidel e Cuba, concomitantemente, onde deixamos claro (com provas) tudo que aconteceu e ainda vem acontecendo naquele pequeno país desde 1959, o ano da “revolução” que foi “comandada” pelo porco sujo Fidel e seu “fiel” capataz de nome Che Guevara.

Os links estão AQUI e AQUI.

Continuando…

Como o mote do artigo é a morte do ditador, vamos nos aprofundar sobre a figura em si desse crápula. Se você, por acaso, nunca ouviu falar de Fidel, sugiro que clique nesse LINK pra saber um pouco sobre ele.

Agora que você já sabe um pouquinho sobre o cidadão, já viu que é meio complicado entender como pode ter gente que se sensibilizou com sua morte.

Estima-se que sob sua tutela, mais ou menos 170 mil pessoas perderam suas vidas, tudo porque eles simplesmente iam contra o sistema arcaico e socialista do governo cubano. Tudo para o ditador, nada para o povo. Assim como é o sistema socialista/comunista.

Os paredões de fuzilamento são até hoje comentados pelos cubanos que conseguiram fugir da ilha durante o governo ditador de Fidel. Em sua maioria, eles se encontram em Miami (USA), e lá contam para quem quiser ouvir como era e ainda é o sistema de governo da dinastia Castro.

Muitos perderam parentes nas águas do oceano. Muitos choram até hoje por isso e culpam sistematicamente Fidel e sua trupe. E claro, hoje fazem festa pela morte do tirano.

Tem alguém chorando sua morte? Tem. Os presidentes de países que festejam o socialismo como modo de governo, tais como Evo Morales e Nicolás Maduro. Mas o Brasil também tem seus admiradores… Lula, Dilma, PcdoB, PSOL, PCB, entidades estudantis como UNE, UBES, sindicatos como CUT, CTB, CONLUTAS, e alguns “líderes” de partidos que se dizem de direita como Aécio Neves e FHC.

facebookaecio

Muitas pessoas erroneamente dizem que Cuba se tornou referencia em saúde, educação e esporte sob o governo de Fidel, pois o ditador injetou muito dinheiro nesse tripé com a esperança de mostrar que o sistema socialista havia dado certo e “calar” o mundo.

Mas… eles se esquecem de um pequeno detalhe: o dinheiro que foi “injetado” nesse tripé vinha da antiga URSS comunista. E dentro desse pequeno detalhe tem outro minúsculo detalhe: mais de 90% desse dinheiro foi parar nos bolsos de Fidel e sua família, tanto é que sua família em determinado momento da história, era mais rica do que a rainha Elizabeth, da Inglaterra. Enquanto isso, o povo cubano…

Não só isso, no caso do esporte, a ex jogadora de vólei Ana Paula disse em seu twitter oficial que o ditador ficava com 100% (isso mesmo, 100 por cento) de toda a premiação dos esportistas cubanos. Não, não é mentira. Está no twitter oficial da ex jogadora, o qual representamos logo abaixo:

anapaulavolei

Sobre a saúde, é uma mentira descabida e de muito mau caratismo dizer que era de primeiro mundo, sendo que é sabido que o governo sempre maquiou dados e mais ainda, quando da visita de alguma organização mundial de saúde, eles simplesmente “faziam uma cena” que mostrava algo que não existia, ou seja, crianças sorrindo sendo atendidas em postos de saúde, mães satisfeitas com o atendimento, médicos contentes, perfeitas condições de trabalho, equipamentos funcionando, etc, mas tudo isso fazia parte de um teatro. E assim como todo teatro, quando as luzes se apagam (quando as visitas iam embora), tudo ficava escuro e sombrio, como a vida dos cubanos era e ainda é.

Não podemos esquecer de mencionar o programa Mais Médicos, criado pelo PT, que dizia humanizar a saúde no Brasil contratando médicos de Cuba e espalhar pelas cidades mais carentes do Brasil. Mas a verdade é que muitos desses médicos nem diploma de medicina tinham e, acreditem, mais de 50% de seus vencimentos iam parar nas mãos de Fidel. Em português claro, tudo que envolvia dinheiro, mesmo que sendo dos outros, os irmãos Castro mordiam a maior parte. É o socialismo. Nada surpreende.

Enquanto alguns políticos de quinta, como Lula e Dilma, choram a morte do “grande líder”, os cubanos comemoram e soltam fogos, com a esperança de um dia ver sua terra natal se tornar um país livre de verdade. Se isso vai acontecer, é difícil saber, pois Raul Castro (irmão de Fidel) é quem toma conta do país desde a doença do irmão. Agora, com sua morte, ele vai comandar mais ainda e dará as cartas. E engana-se quem imagina que Raul é mais “complacente” que o irmão. Nada disso. Ele é tão assassino quanto.

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2019