A morte de Marisa Letícia escancara a ignorância humana! | Politicos Do Brazil
A morte de Marisa Letícia escancara a ignorância humana!
Por admin
04/02/2017

A vida de Marisa Letícia, que nasceu paupérrima numa família numerosa em SBC, que começou a trabalhar muito cedo como babá (aos 9 anos) e depois foi trabalhar na Dulcora como embaladora, mudou radicalmente quando ela foi ao sindicato dos trabalhadores pedir o pecúlio de seu primeiro marido, assassinado a tiros num assalto… naquele dia, ela conheceu o ascendente líder sindicalista que não sossegou enquanto não conseguiu transformar a “galega” em sua esposa, fato consumado no ano de 1974. Foram 42 anos de casamento que renderam 3 filhos (Fábio Luis, Sandro Luis, Luis Cládio). Além do primeiro filho dela (Marcos Cláudio) com o primeiro marido e uma enteada (Lurian), filha de Lula com uma ex namorada. Em 1973, quando Lula e Marisa Letícia se conheceram, jamais poderiam imaginar o nível de proporção que chegaria o PT e mais ainda o ex presidente, no cenário político brasileiro.

Dona Marisa participou ativamente da fundação do PT, inclusive bordando a primeira bandeira do partido. Além disso, foi muito ativa na captação de novos filiados. E foi fundamental para fomentar o partido entre as mulheres dos metalúrgicos naqueles primeiros anos da década de 1980.

No primeiro mandato de Lula, novamente mostrou sua força participando ativamente de muitos comícios e sempre ao lado do ex presidente até sua eleição, confirmada em 2002. Não teve nenhum papel social no governo e sempre esteve em segundo plano. O mesmo aconteceu no segundo mandato, sempre à sombra de Lula e jamais fazendo um papel social, algo que Ruth Cardoso, ex primeira dama de FHC, era extremamente presente. Mas dona Marisa jamais teve ou quis ter esse papel social no governo, sua função era ficar atrás das cortinas, era apenas conhecida como a “mulher do presidente”. Ponto.

Com a Operação Lava Jato em curso, o nome de Lula apareceu com força e também de seus filhos, principalmente de Lulinha, seu primogênito. A própria dona Marisa teve seu nome veiculado na Operação.

Concomitantemente com o impeachment de Dilma (que acabou sendo confirmado), a vida do ex presidente e sua família estava sempre na berlinda, sendo alvo de condução coercitiva para prestar depoimentos e isso, digamos, trouxe muitas dores de cabeça para a ex primeira dama.

Em exames de rotina, foi constatado um aneurisma, mas ela (com a concordância dos médicos) decidiu não operar. Como era uma fumante inveterada, além de não ser adepta de exercícios físicos e já com esse histórico da doença, infelizmente algo pior estava por vir.

No dia 24/01, dona Marisa foi internada por causa de um AVC hemorrágico. Durante 10 dias, ela ficou entre a vida e a morte, praticamente sem chances de conseguir passar por essa situação delicadissima. E no dia 03/02 sua morte cerebral foi confirmada e a doação de órgãos foi liberada por Lula e sua família.

Obstante de ser um ser humano, a morte de Dona Marisa, acredite quem quiser, foi “aplaudida” por muita gente. Principalmente nas redes sociais, o que se viu foram pessoas sem o minimo de caráter, comemorando a morte de uma pessoa, isso é o cumulo da ignorância humana!

Frases como “vai tarde”, “vai pro colo do capeta”, “vai pagar seus erros no inferno” e outras mais foram lidas à exaustão no mundo virtual… profundamente lamentável.

Mas a ignorância humana não tem lado na política, como todos devem saber.

O presidente do PT, Rui Falcão, chegou ao cumulo de dizer que a morte de Dona Marisa foi causada pela Operação Lava Jato. Um oportunismo barato, usando a morte de uma pessoa de forma politica, um mau caratismo sem precedentes desse senhor. Acaso ele esqueceu o histórico médico da ex primeira dama? Ou ele pouco se importa com o ocorrido e pra ele interessa apenas fazer jogo político, já que Lula é alvo primordial da Operação? Jogar nas costas da Lava Jato e de Sérgio Moro, como fez Paulo Henrique Amorim, a morte dela é ser abjeto demais, é baixar ao menor nível da condição humana.

O próprio Lula foi pego dizendo que “pessoas que passam pelo que ela passou tendem a ter esse problema…”, incrível como ele também faz uso político com a morte da própria esposa. Deprimente!

E levados por essa ignorância e falta de inteligência, muitas pessoas escreveram sandices nas redes sociais, tais como “matem Sergio Moro”, “a melhor homenagem para Marisa Letícia é a morte de Sergio Moro”, e por ai vai…

Assim como é uma filhadaputice comemorar a morte de uma pessoa que não tem o menor peso na corrupção que envolve Lula e seu partido, mesmo ela tendo dito para os “paneleiros” enfiarem a panela no C*, também tem o mesmo nível de filhadaputice quem se vale dessa morte para fazer política. Ambos tem o mesmo peso. Pessoas assim são iguais em sua canalhice.

rodrigo

Antes de terminar, só um questionamento: por que o presidente Michel Temer decretou luto oficial de 3 dias para a ex primeira dama? Como foi dito no artigo, ela não teve papel relevante na história política brasileira pois esteve sempre atrás das cortinas. No mínimo curioso esse ato…

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018