Jair Bolsonaro é o nome forte para 2018? | Politicos Do Brazil
Jair Bolsonaro é o nome forte para 2018?
Por admin
01/08/2017

O nome de Jair Bolsonaro para as eleições presidenciais de 2018 está tomando proporções gigantescas nos últimos meses. Muito se dá pelo modo contundente dele se dirigir a esquerda brasileira, simplesmente dizimando seus militantes abobados, com muitos argumentos sólidos e uma vasta experiencia na politica, fruto de seus 5 mandatos consecutivos na Câmara Dos Deputados, em Brasília.

O deputado e pré candidato a presidência em 2018 já foi tema de alguns artigos em nosso blog. Vocês podem conferir AQUI,  AQUI, AQUI e AQUI. Boa leitura.

A explosão de denúncias que envolveram e envolvem vários nomes da nossa política, em especial do lado esquerdo, denuncias essas que tiveram seu estopim com o Mensalão de Roberto Jefferson, abriu caminho para candidatos ilibados e sem amarras com a corrupção desenfreada, fazerem todo trabalho de formiguinha e irem arrebatando eleitores em todo território nacional.

Quando a crise politica explodiu de vez com o Petrolão e culminou no impeachment de Dilma “estocando vento” Rousseff, adivinhem qual nome ganhou uma força descomunal nesse cenário caótico? Exatamente… o ex militar da reserva e deputado federal Jair Bolsonaro!

Seu nome está na boca de uma imensa parte da população brasileira para ser, finalmente, algo novo na política e saindo dessa maldita dobradinha PSDB/PT que só mal fez ao nosso país nos ultimos 20 anos. Antes de alguém gritar lá no fundo que Bolsonaro não é algo novo na politica, visto que já está na berlinda a mais ou menos 25 anos, entenda que quando mencionamos “novo”, queremos mostrar que ele não é fruto da antiga politica, aquela conhecida apenas e tão somente pela corrupção desmedida.

As várias pesquisas feitas nos últimos meses mostram esse fenômeno. Bolsonaro aparece regularmente em 2º lugar, atrás apenas de Luiz Inácio da Silva, sendo que em algumas ele aparece em primeiríssmo lugar, muitos pontos percentuais a frente do 2º colocado. E se formos levar em conta apenas o 2º turno, ele é o único candidato capaz de derrotar o representante petista, com uma larga margem de diferença.

O impacto dessa “novidade” se pode ver nos aeroportos do nosso rico chão brasileiro, quando Bolsonaro chega para fazer alguma palestra ou algo que o valha. É comum ele ser carregado nos ombros pelos populares que lhe esperam na saída dos aeroportos. Uma cena jamais vista com nenhum político brasileiro. Tem um aí que se chegar em aeroporto em voo comercial, vai ter que sair escoltado desde a pista de aterrissagem, porque corre o risco de ser agredido pelos populares.

O nome de Bolsonaro já se tornou extremamente viável para 2018. Sua presença nas redes sociais também lhe dá esse feedback popular. Isso conta muito nos tempos atuais, pois alguns candidatos não tem essa interatividade com o público e acabam perdendo pontos preciosos na corrida para a disputa presidencial que se avizinha.

Ele só precisa tomar cuidado com 2 coisas: escolher bem o nome do vice e prestar atenção na procedência dos jatinhos que irá usar durante sua campanha presidencial, principalmente se na época ele aparecer em 1º nas pesquisas. Tudo isso para não ser o novo Eduardo Campos…

Faz-se necessário também já ir pensando num programa de governo para a presidência. Claro que isso não é pra agora, pois estamos a mais de 1 ano do pleito eleitoral, mas seria bom já ir se adiantando, pois isso será uma vantagem na disputa com um candidato que já foi presidente por 8 infindáveis anos, seguramente um dos piores períodos da nossa história.

A verdade é a seguinte: goste ou não de Bolsonaro, isso é um direito de cada um, mas não dá pra ignorar o forte apelo popular que seu nome tem. E se o Brasil não quer mais passar por uma tempestado vermelha em sua história, como foram os ultimos 13 anos, se tem alguém que pode sepultar isso de uma vez por todas, esse alguém é Jair Messias Bolsonaro!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2017