Privatiza tudo! | Politicos Do Brazil
Privatiza tudo!
Por admin
23/08/2017

Um dos grandes entraves para o desenvolvimento sócio econômico de um país, principalmente quando ele está situado no chamado “3 mundo” e tem, dentre seus ex presidentes, legítimos representantes da esquerda, sem duvida alguma é o tamanho do Estado.

Quando dizemos “tamanho”, nos referimos a ingerencia que o Estado teima em ter na vida do cidadão. E isso em todos os setores públicos, desde financeiro até distribuição de energia elétrica.

Você, caro (a) leitor (a) quantas vezes não passou raiva quando precisou usar os serviços públicos que temos no Brasil? Quantas vezes você não quis esganar aquele atendente do INSS? Quantas vezes você não ficou fulo (a) da vida esperando uma encomenda urgente chegar e ela simplesmente “some” no Correios? Sem contar aquela vez que você quase teve um treco ao saber que não conseguiu um emprestimo no BNDES, mesmo dando todas as garantias, e um salafrário da politica conseguiu em tempo recorde, construindo um estádio que vai ficar para você também pagar?

Enfim, se formos enumerar as vezes que o Estado te roubou na cara dura, daria um artigo dividido em 10 partes no minimo. O problema, caros (as) leitores (as) é que, além de roubar seu dinheiro, o Estado não reverte seu imposto em beneficios para a população. É o que podemos chamar de incompetencia pura na arte de gerenciar. A gestão falha, propriamente dita.

O Brasil, salvo engano, deve ser o campeão mundial quando se fala em empresas geridas pelo Estado (entendam que quando falamos em Estado, englobamos todas as esferas, desde a municipal até a federal). Não é nenhum exagero dizer que temos uma empresa estatal para cada mil habitantes. Faça um exercicio de memória e lembre das diversas empresas geridas publicamente que temos e você concordará conosco.

Certa feita fizemos um artigo esculachando a Caixa Econômica Federal e pedindo sua privatização imediata! Fomos criticados duramente por alguns chupins, que se apoiam na máquina pública para se eternizar na masmorra da incompetência politica que gere esses órgãos falidos e extremamente dependentes de uma indicação politica aqui e acolá. Mas não baixamos a guarda. Jamais.

Aqui sempre seremos a favor do Brasil. Jamais levantaremos uma bandeira que seja para prejudicar A ou B. Se pedimos a privatização de 99,9% das instituições públicas, é porque vemos ali uma ninhada de pessoas incompetentes e corruptas, que visam apenas e tão somente seu bem estar, pouco se importando com a opinião minha ou sua.

Como dito no começo do artigo, os governos esquerdistas tem em seu DNA fazer do Estado uma “teta” que não seque nunca e dali tirarem seu sustento por toda a eternidade, trasnformando tudo que seja público em cabides de emprego para suas futuras gerações. É um circulo vicioso. Sai um delinquente e entra um marginal.

Mas não podemos baixar a cabeça jamais para a soberba politiqueira tupiniquim. A luta é ardua, mas uma luz no fim do tunel se fez presente essa semana…

O presidente LEGITIMO (goste você ou não) Michel Temer acenou com a possibilidade de privatizar a Eletrobrás. Para quem não sabe ou nunca se preocupou em saber, a Eletrobrás era a responsável na geração, transmissão e distribuição de energia elétrica em nosso querido país. Criada em 1962, ela coordenava todas as empresas do setor elétrico. Porém, nossos queridos políticos acharam por bem criarem mais empresas estatais (lembram da “teta” gorda?) tais como ANEEL, CCEE e outras, assim sendo a malfadada Eletrobrás estava sobrevivendo capengando desde então.

Mas vejam… mesmo degringolando a um bom par de anos, a empresa mesmo assim sugava recursos dos impostos pagos pela população. Não importa que já dava sinais de uma morte inerente, pois os recursos continuavam pingando em grandes proporções nos bolsos de seus diretores, presidentes, etc, etc, etc… dinheiro pra cacete que poderia e deveria ter sido usado de maneira mais eficaz. Mas isso acabou!

Essa empresa já tem um destino certo. Ela vai ter um dono. Ou alguns donos. Mas o que importa é que agora ela deixará de ser deficitária e não será mais um peso nas costas do pagados de impostos. Os anos “dourados” de cabidismo de empregos ficaram para trás. Agora, ou dá resultados, ou vai embora!

Alguns podem achar que estamos sendo muito cruéis, visto que o número de desempregados só aumenta dia a dia, fruto ainda do desgoverno da estrela vermelha, mas não é nada disso! Muito pelo contrário… É um acinte você pagar imposto, que se reverte no salário dessas pessoas, e ver esses funcionários cagando e andando pra você. Não pode! E, felizmente ou infelizmente, a saida é essa. Privatizar sim!

O governo Temer merece os parabéns por essa iniciativa, se ela vier a se confirmar já que ele se mostrou um arregão quanto ao auxilio reclusão, e esperamos que outras empresas estejam já engatilhadas para terem donos. Sim, porque a lista é grande hein???

Podemos citar: Caixa Economica Federal, Petrobrás, INSS, Banco do Brasil (esse deveria ser devolvido a família do Barão de Mauá, seu dono legitimo!), Correios (lembram da cachorrada feita, quando essa empresa descaradamente enviava propaganda da dona Dilma?), ANATEL (vamos combinar que esse órgão não serve pra nada?), etc… o número é grande demais!

Se o Brasil quiser trilhar o rumo da prosperidade, não tem outra saída a não ser privatizar as empresas que servem apenas de cabide de emprego e são alvos fáceis de corrupção! Ou privatiza o que não presta, ou nunca sairemos da idade das trevas! E para aqueles que torcem o nariz para as privatizações, pois querem “mamar” nas tetas do governo, se preparem porque vem mais privatizações por aí! #PrivatizaTudo

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2017