Aparência é importante na procura por emprego? | Politicos Do Brazil
Aparência é importante na procura por emprego?
Por admin
22/02/2018

Desde que o mundo é mundo, a aparência é algo que conta muito na sociedade. Sim, na sociedade, porque afinal de contas vivemos em uma, seja boa ou ruim, mas é nela que vivemos. Quem não acha certo isso, tem a prerrogativa de ir morar no meio do mato, em uma caverna, numa ilha deserta ou algo parecido. Estamos combinados?

Continuando…

Pois bem… partindo desse principio, quando o ser humano se torna adulto (em alguns casos, infelizmente até antes disso) é chegada a hora de procurar um emprego e virar uma pessoa responsável, com seus diversos deveres perante à família, amigos e sociedade (olha ela ai de novo). E é ai que entramos numa situação no mínimo curiosa… muita gente imagina que para conseguir um emprego, o que mais importa são suas habilidades profissionais e também como pessoa, que saiba interagir, que tenha raciocínio rápido, que consiga resolver problemas de maneira satisfatória, enfim, uma pessoa realmente preparada para o mercado de trabalho e, principalmente, para a vida.

Só que, como dito no começo do artigo, a aparência é algo que conta (e muito) na busca de uma colocação no exigente mercado de trabalho tupiniquim. Pode parecer balela, mas sua fisionomia, o modo como se veste, seu corte de cabelo, enfim sua “lataria” é levado muito em conta em algumas áreas, principalmente quando você está se candidatando à uma vaga que EXIGE isso de seu perfil, seja porque vai lidar diretamente com um público qualificado, seja porque vai lidar todos os dias com pessoas extremamente preparadas para o convívio empresa-pessoa-empresa.

Partindo desse principio, é no mínimo estranho vermos pessoas saudáveis, na flor da juventude, reclamando que não consegue emprego justamente por causa da aparência que essa pessoa mesmo cultiva. Trocando em miúdos, aquele homem que não se preocupa em fazer sua barba, em arrumar de maneira adequada seu cabelo, de não usar certos “penduricalhos” quando vai numa entrevista de emprego, etc… e isso cabe também para as mulheres, para que não vão de qualquer maneira numa empresa se candidatar à uma vaga, que tenha cuidado com seu cabelo, com sua maneira de falar, etc, etc, etc… tudo, absolutamente tudo conta nessa hora.

boa_aparencia

Francamente? Dói na alma quando você vê uma pessoa indo a um programa de televisão problematizar essa situação, não dói? E mais ainda, quando você olha a figura em si. Estamos falando do caso da moça que foi no programa #Encontro da Fátima Bernardes. A moça anda com um ninho de gambá na cabeça e acha que as empresas tem que gostar do seu “estilo”, da sua maneira de se vestir e “pentear” aquilo que ela chama de cabelo. Oras! Se você cultiva um modo de ser e de viver, ok, isso é um problema totalmente seu! Não queira que a sociedade seja obrigada a engolir isso, porque caso não faça, está sendo preconceituosa, racista e etc! Nada disso… você pode ser do jeito que quiser, usar a roupa que quiser, cultivar o arbusto que quiser em cima da cabeça, enfim ter seu próprio “estilo”, mas saiba que tudo tem consequências na vida. As escolhas, sejam certas ou erradas, terão suas consequências. E adivinha quem vai perder mais com a escolha errada? Exatamente! Apenas e tão somente você!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018