Crônica: O cenário político não dá sinais de melhora | Politicos Do Brazil
Crônica: O cenário político não dá sinais de melhora
Por admin
04/03/2018

Já se vão mais de 25 anos que vi o surgimento de um “salvador da Pátria” em terra brasilis.

Naquele longínquo ano de 1990, o surgimento de Fernando Collor de Mello brotou no coração de muitos brasileiros a esperança de que o dia das falcatruas na nossa política iriam finalmente chegar ao fim. Quem não se lembra do bordão “caçador de marajás”? Essa alcunha que acompanhou toda a campanha daquele até então desconhecido alagoano fazia a cabeça de todos. Os brasileiros depositavam nele a chance de ver nosso país finalmente prosperar.

Mas algo deu muito errado nesses quase 30 anos… e quando digo errado, digo com total pesar pois nada daquilo de que se falava foi feito. Muito pelo contrário, a abertura política em nosso país após 25 anos de regime militar (não houve ditadura no Brasil, quem diz isso são comunistas) mostrou quão frágil nossa terra é em matéria de pessoas com caráter.

Como na época eu tinha apenas 16 anos, não mensurava como podíamos ter uma classe política tão cafajeste, sem o mínimo de caráter e com total desprezo pelo povo que neles depositam seus votos, na esperança de que suas vidas melhorem, não de graça, mas com o mínimo básico que nossa Constituição prega, ou seja, saúde, educação, emprego e moradia.

A turba que veio logo após a queda de Fernando Collor, a saber Itamar Franco, FHC, Luis Inácio da Silva (me recuso a mencionar o apelido desse desqualificado), Dilma e no presente Michel Temer, só corroborou com minha total pena desse nosso tão combalido país…

A verdade é que nosso cenário político (infelizmente) não dá sinal alguma de melhora. Os caciques atuais fazem de tudo para seus pequenos curumins adentrarem na política e assim não deixar o vicio nojento de usurpar o dinheiro alheio por meio de uma corrupção sem precedentes na história moderna mundial!

esquema_corrupção

Sai José Sarney, entra Roseana Sarney ou Sarney Filho. Sai Roberto Requião, entra Requião Filho. Sai José Dirceu, entra Zeca Dirceu..  Enfim, é um circulo vicioso que não tem fim e transforma nossa dita democracia numa cleptocracia, como bem disse a valorosa equipe da Lava Jato.

Sinceramente? É difícil acreditar que saiamos desse cenário cinzento um dia. Mas por mais que seja uma tarefa árdua, não podemos jamais deixar de acreditar e fazer o possível para que isso um dia tenha fim. Nem que demore mais umas 2 ou 3 gerações, devemos sempre ter em mente que o caminho é longo e espinhoso, mas que nada que vem fácil tem um sabor irresistível. Que seja difícil sim, pois o sabor no fim será doce como mel.

Você que leu meu artigo até o final, que opinião tem sobre o tema? Acha que devemos sempre acreditar e continuar acreditando na melhoria do nosso querido país ou devemos “largar de mão” e deixar o país afundar politicamente? Deixe sua opinião nos comentários. Obrigado!

 

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018