O ensino brasileiro chegou ao fundo do poço! | Politicos Do Brazil
O ensino brasileiro chegou ao fundo do poço!
Por admin
26/04/2018

Já faz algum tempo que nossa educação (leia-se ensino) está na beira do abismo. A qualidade é extremamente duvidosa e, em sua quase totalidade, não temos bons exemplos para mostrar ao mundo. É por isso que estamos na rabeira da educação mundial, estamos chegando praticamente aos últimos lugares. Uma verdadeira lástima.

Enfim, a grande verdade é que com a ascensão daquele partido cleptomaníaco capitaneado pelo condenado Luiz Inácio, a coisa degringolou de vez. A escolha de Paulo Freire como “patrono” da educação nacional foi um tiro certeiro na já combalida forma como nossos (as) professores (as) se relacionam com a sociedade em geral.

A criação de uma figura chamada “educador” veio para jogar a merda no ventilador de vez. Usar o docente como alguém que deveria cuidar da educação de nossas crianças ao invés de deixar como sempre foi, ou seja, o professor ou professora simplesmente transmitindo conhecimento através de matérias curriculares foi uma decisão equivocada dos nossos governantes. Um absurdo completo e que infelizmente não tem mais como voltar atrás. A cagada já foi feita. Parabéns aos envolvidos.

Isso sem falar na doutrinação ideológica que corrói nossas escolas, desde o primário até nossas universidades sejam elas públicas ou privadas. É difícil saber que crianças estão sendo usadas como massa de manobra por nosso rico chão brasileiro. É sabido que até o MST está adentrando nessas escolas para lobotomizar nossas indefesas criancinhas…

Um fato pavoroso aconteceu nessa semana. Um vídeo que está circulando na internet mostra um professor completamente despreparado e nervoso gritando com seus alunos. O motivo? Eles falavam de Bolsonaro na sala de aula. Não se sabe ao certo onde aconteceu e muito menos o nome do professor. Mas a forma como ele se dirige aos alunos é assustador! Reparem que ele chega a ameaçar baixar nota dos alunos que falarem novamente o nome de Bolsonaro na sala de aula, a quem ele compara a Hitler! Um absurdo sem precedentes em nossa educação nacional. Foi muito pior do aquela professora que foi dar “aula” com uma camiseta do MST.

O grande problema é que mesmo com esses exemplos estarrecedores, existe uma ala na politica (esquerda) que não aceita de maneira alguma que temos uma doutrinação claramente ideológica em nossas salas de aula pelo Brasil afora. Isso é evidente e até o Mr Magoo enxerga o óbvio!

Por esses motivos escabrosos é que algumas instituições (entre eles, o MBL) estão fazendo debates em escala nacional para defender o fim do partidarismo nas escolas. O que eles classificaram de Escola Sem Partido. Uma ótima ideia, pois a escola é um local para adquirir conhecimento e não um pardieiro onde se aprende (de maneira errada) a apoiar somente um lado da politica. É gritante a maneira como apenas um lado é classificado como “mocinho” nessa história toda! Isso é inadmissível e precisa acabar.

Terminando o artigo, vamos fazer um apelo aos pais ou responsáveis por alunos: PRESTEM MUITA ATENÇÃO EM SEUS FILHOS QUANDO ESSES CHEGAM DA ESCOLA. PERGUNTEM TUDO QUE ACONTECEU E NÃO DEIXEM ESCAPAR NADA! É MUITO IMPORTANTE QUE VOCÊS SAIBAM O QUE ESTÃO “ENSINANDO” AOS SEUS FILHOS. ISSO PODE SER A GRANDE DIFERENÇA ENTRE UM CIDADÃO DE BEM E UM MARGINAL DENTRO DE SUA PRÓPRIA CASA!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018