Megan Markle é feminista? Não é bem assim… | Politicos Do Brazil
Megan Markle é feminista? Não é bem assim…
Por admin
20/05/2018

E o aguardado casamento entre o até então príncipe Harry e a “plebéia” Megan Markle aconteceu, para o deleite dos tablóides sensacionalistas britânicos, que estão falando desse acontecimento desde que o casal de pombinhos ficou noivo.

E porque não dizer que os tablóides sensacionalistas brasileiros também estavam de plantão, aguardando o chamado “casamento do ano”. Enfim, o matrimonio de ambos, querendo ou não, chamou a atenção do mundo inteiro. Quiça de outros planetas também. Vai saber.

Mas o que acabou despertando bastante atenção nessa história linda de amor, principalmente por parte dele (maldade), da nossa parte foi a ênfase que alguns sites e jornais (em sua maioria de viés esquerdista) deram para o fato da noiva (agora esposa) ser (pausa para respirar) feminista! Sim… você que está lendo até aqui pode imaginar que somos loucos, que ninguém se apegou a isso, que é uma “ calúnia” , coisa e tal, mas infelizmente é verdade.

Um casamento lindo, com a tradição britânica que vem desde os primórdios, tudo com muito bom gosto, muita pompa e circunstância… mas para os trambiqueiros de plantão, o que mais interessa é o lado feminista da noiva. Que na bem da verdade, nada tem de feminista, minha gente. Aliás, muito pelo contrário.

Mas para explicar essa porra toda precisamos voltar um pouco no tempo. Acompanhem…

Tudo começou com o fato do pai da noiva ter sido impedido, por motivos de saúde, de levar a filha até o altar. Oras, qualquer mulher que venha a se casar é uma prática comum o pai levar a moça até o altar e ali entregá-la para o noivo. Ai já derrubamos o primeiro mito do feminismo. Não são as feministas que odeiam homens???

Partindo dessa noticia, alguns jornais e sites tupiniquins noticiaram com uma cara de pau gigantesca que ir até o altar sozinha era uma atitude extremamente feminista! Viva! A “ plebéia” é das nossas! Meu corpo, minhas regras! E o escambau de Madureira!!! Nada disso!

As matracas de plantão chegaram ao cúmulo de mencionar que o vestido da noiva representaria o feminismo. Oras… o vestido dela não tinha nada demais. Era um vestido comum. Inclusive branco, como toda mulher sonha em casar, com véu longo (como manda a tradição), enfim, nada que mostrasse um resquício de que ela é feminista. Nada. Apenas intriga da oposição mesmo.

Precisamos pontuar também que o príncipe Harry, logo após a cerimonia, abriu a porta do carro para sua amada, numa atitude que qualquer feminista de carreira iria desprezar solenemente. Ela, como toda princesa, adorou a atitude de cavalheiro do amado e partiram felizes para a lua de mel. E vamos combinar que uma feminista de “verdade” jamais iria abrir mão de sua vida simples, sem holofotes, para ser mulher de um homem que só é príncipe de uma da maiores monarquias do mundo, né? Nenhuma faria isso! Jamais! Pra que ter uma vida de princesa? Isso vai contra tudo que as feministas acreditam! Mesmo porque para ser feminista, a primeira coisa a fazer é deixar de ser feminina e não ter sonhos como casamento, filhos e muito menos com toda mordomia possível.

A partir de hoje eles tem os títulos de Duque e Duquesa de Sussex e entram para linha sucessória da realeza britânica. Claro que até eles conseguirem ser Rei e Rainha da Inglaterra, terão se passado no mínimo uns 150 anos. Mas é preciso ter fé, né?

Ah… antes de terminar o artigo, precisamos enfatizar mais uma bobagem que a turma canhota inventou. Segundo a teoria demencial deles, a noiva que é filha de uma negra, está vivendo um filme que nem Hollywood um dia teria sonhado em fazer. Ou seja, quando eles poderiam imaginar que uma filha de alguém “escravizada” poderia se casar com um herdeiro do trono britânico? Justo a nação que colonizou vários e vários países africanos. Segundo, repetimos, a ideia esquerdista. Para eles, não se tratam de duas pessoas que se conheceram e se amaram a ponto de contraírem matrimonio. Nada disso. Para esses lunáticos, se resume e um príncipe britânico que vai se casar com uma descendente de escravos. Nada mais cafona!

Eles só esqueceram um detalhe: o pai de Meghan é branco…

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018