Blatter diz que não vetou Morumbi para Copa 2014. E agora, Andres Sanchez? | Politicos Do Brazil
Blatter diz que não vetou Morumbi para Copa 2014. E agora, Andres Sanchez?
Por admin
02/06/2018

Uma noticia importantíssima do mundo futebolístico passou totalmente despercebido nos principais programas de futebol das muitas emissoras que temos aqui no Brasil. Não só na tv, mas em sites esportivos, blogs que cobrem o assunto, etc e tal. Pra não dizer totalmente, apenas o twitter de Milton Neves deu a noticia e um ou outro grande portal, tal como UOL, Terra, iG e afins.

A noticia dá conta de que Blatter, ex presidente da FIFA e acusado de envolvimento em vários negócios espúrios na entidade, ao contrário do que Andres Sanches e sua turma repetiram a exaustão nesses últimos 4 anos quando disseram para todos que o Morumbi havia sido vetado pela FIFA para a Copa 2014 e isso acabou avalizando a construção da Arena Lulão*, a verdade mesmo é que a FIFA NÃO vetou o Morumbi, muito pelo contrário, e se diz arrependido de ter escolhido o estádio de Itaquera.

Calma, meus (minhas) leitores (as), vamos explicar de maneira sucinta. Acompanhem…

Andres Sanches, que já foi motivo de alguns artigos aqui no blog (aqui e aqui), sempre disse a mídia esportiva que o Morumbi havia sido vetado pela FIFA para a Copa 2014. Entre os motivos alegados por ele, um dos é que o estádio era antigo e não tinha infraestrutura para suportar o evento. Dito isso, ele juntamente com o Luiz Inácio e outras figuras nojentas da nossa politica, arquitetaram um plano maligno para a construção do estádio. Juntamente a eles, se juntaram José Maria Marin (que está em prisão no Brooklyn EUA), Ronaldo Fenômeno (não se faz Copa com hospitais) e Bebeto (ex jogador de Flamengo, Vasco e seleção brasileira campeã em 94). Eles formaram o comitê da Copa 2014 e também tem parte nessa patifaria toda.

No livro que está prestes a ser lançado com o nome de “Minha Verdade”, o ex presidente da maior entidade do futebol mundial diz com todas as letras que a entidade não foi a responsável pela escolha do estádio em Itaquera, que aliás nem existia ainda. Segundo o ex cartola, ele também não vetou o Morumbi para ser estádio da Copa e disse ter se arrependido de ver o jogo de abertura ir pro estádio do Corinthians. Segundo ele, o responsável pela escolha do Itaquerão foi o comitê brasileiro responsável por toda a logística do evento. Como dissemos acima, o comitê foi formado por Marin, Ronaldo e Bebeto. Pode parecer uma loucura, mas essas são palavras dele. Quem vai desmenti-lo?

Além dessa bomba, Blatter ainda disse que o jogo final da Copa 2014 esteve sob ameaça de bomba, mas isso não chegou aos ouvidos da imprensa porque foi abafado imediatamente pela segurança responsável pelo evento. Já pensaram o que poderia ter acontecido? O estranho nessa noticia é que o Brasil não é um país alvo de terroristas e as duas seleções que fariam a final também não são países alvos de Estados Islâmicos da vida. Mas ele estava lá. Se ele disse, tá dito.

O que podemos tirar dessa bomba de Blatter sobre a Copa? Algo óbvio. Andres Sanches é um mentiroso contumaz. Sempre foi e sempre será. Desde sempre ele vem defecando pela boca quando tem um microfone na sua frente. E não podemos esquecer que mesmo ele sendo novamente presidente do Corinthians, ele não abriu mão de seu mandato e continua recebendo seu rico dinheiro de deputado federal. Ao salário somam-se todas as gratificações de praxe e, pasmem, ele não aparece mais na Camara. Se antes, por obrigação, ele teria que aparecer ao menos 3 dias na semana, agora ele não vai dia nenhum. Ele é presidente em tempo integral do time corintiano, gozando como nunca na cara dos brasileiros.

Essas são as benesses da nossa dita “democracia”…

* Uma homenagem nossa ao ex presidente Luiz Inácio da Silva

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018