Quem é Marina Silva? | Politicos Do Brazil
Quem é Marina Silva?
Por admin
13/07/2018

Estamos a 3 meses das eleições 2018. O grande momento cívico está muito próximo.

Pra ajudar o eleitor indeciso, começamos uma série sobre os presidenciáveis. O primeiro que abriu a série foi Ciro Gomes. O artigo sobre ele, bem recebido por sinal,  vocês podem acessar nesse link. Boa leitura. Ou não. Depende do seu estômago.

A personalidade da vez é a senhora Marina Silva. Mais conhecida como Melancia (vermelha por fora e verde por dentro). Também chamada de Curupira da Amazônia. Tem quem a chame de ET do Acre. Nomes pra chamar tem aos montes.

Pra começar a falar dessa senhora, convidamos vocês a lerem esse artigo que fizemos sobre ela. Foi um “que fim levou” que fizemos sobre ela, pois a mesma estava sumida dos noticiários.

A dona Maria Osmarina Marina Silva Vaz de Lima (nome comprido demais pelo tamanho que ela tem na politica) pegou carona na fama de Chico Mendes. Era um tipo de braço direito do seringueiro que foi brutalmente assassinado. Usando o nome dele, ela conseguiu uma grande relevância em seu estado, filiando-se ao PT e assim tendo uma ascensão meteórica com a ajuda do presidiário de Curitiba. Pelo PT, ela conseguiu ser vereadora em Rio Branco, deputada estadual pelo Acre, além de Ministra do Meio Ambiente do governo de Luiz Inácio. Conseguiu o feito de se eleger senadora, com mandato de 16 anos seguidos.

Depois de sair do PT, inclusive fazendo sérias criticas ao senhor Luiz Inácio, ela se aventurou pelo PV e PSB (ambos socialistas) até fundar o tal REDE Sustentabilidade, ou simplesmente REDE.

Ela, que sempre some antes das eleições presidenciais, vai novamente sair como candidata esse ano. Só que ela é meio matusquela. Ela sempre some dos noticiários em 4 anos. Mas basta começar a chegar perto do pleito e pá, lá vem ela dar seus pitacos. Em 99.9% das vezes, ela sempre abre a boca pra falar besteira. Em qualquer situação de tensão politica, lá vem ela não dizer nada com nada e assim sempre sair como a isentona. E o mais absurdo é que ela sempre está bem colocada nas pesquisas para presidente.

O que todo eleitor precisa saber é o seguinte: Marina Silva sempre foi e sempre será petista de alma e coração. Ela sempre faz reverencia ao ver o condenado de Curitiba, seja em qual local eles estiverem. Ela, apesar de ser evangélica, nunca se colocou contra o aborto. Ao contrário, na mentalidade dela, essa questão deve ser decidida por meio de plebiscito, onde também pra ela a legalização da maconha deve ser discutida. Oras… quem se candidata a presidente, sempre precisa ter uma opinião concreta sobre qualquer assunto. Nunca pode se omitir sobre nada. É isso que a população quer dos seus futuros governantes.

Esse papo furado dela de ser ecológica, de levantar a bandeira de um mundo melhor, mais igualitário, mais humano, mais justo e etc não cola. O que ela fala não se escreve. Sempre foi assim. Sempre será.

Por mais louco que pareça, mesmo ela estando muito bem colocada nas pesquisas, ela não é unanimidade nem entre os evangélicos. E esse pode, como das outras vezes, ser novamente o seu calcanhar de Aquiles.

Certa feita, em uma pesquisa meio doida, foi mencionado que Marina estaria “tecnicamente” empatado com Jair Bolsonaro. Mas, você que está lendo esse artigo, conhece alguém que votará nela? Se conhecer, deixe nos comentários. Estamos muito curiosos em saber se os eleitores de Marina são de verdade ou não passam apenas de lenda urbana.

Terminando o artigo, deixamos uma entrevista de Marina ao programa Roda Viva. Possivelmente vocês conseguirão saber um pouco mais dessa senhora e assim poderão tirar algumas dúvidas sobre ela e sobre o que ela pensa do país e suas ideias (?) , por mais loucas que sejam.

A próxima personalidade presidenciável a ser dissecada pelo blog será a deputada comunista (PCdoB) Manuela D’Ávila. Bom, isso se ela não desistir da candidatura…

Em breve, um próximo artigo. Até lá.

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018