Bolsonaro e Janaina Paschoal: o Brasil ainda tem jeito! | Politicos Do Brazil
Bolsonaro e Janaina Paschoal: o Brasil ainda tem jeito!
Por admin
22/07/2018

ATENÇÃO: ESSE ARTIGO VAI ENFURECER A ESQUERDA BRASILEIRA. O OBJETIVO É ESSE MESMO!

O Brasil ainda respira. E o motivo é nobre. Acompanhem abaixo…

A convenção nacional do PSL (Partido Social Liberal) na data de hoje 22/07/18 oficializou a candidatura de Jair Messias Bolsonaro para o cargo mais alto da politica nacional. Essa candidatura já estava certa a um bom tempo, mas tudo que fazemos nesse país tem que ser oficializado e estar no papel, para comprovar sua veracidade.

Jair Bolsonaro, que já foi tema de um artigo muito comentado, é o nome que provoca arrepios e discursos de ódio inflamados por parte da esquerda nacional. Ele provoca urticárias em nomes como Guilherme Boulos, Manuela D’Ávila, Maria do Rosário, Gleisi Hoffman, Luiz Inácio, Jean Wyllys, José Dirceu, Genoíno, enfim toda a podridão de nossa politica nacional defenestra sem dó o nome de Bolsonaro, em todos os meios de comunicação possíveis e imagináveis.

Quem acompanha o blog faz tempo, sabe que quando a esquerda te critica, é sinal de que você está certíssimo. Ponto para Bolsonaro.

Precisamos pontuar também que todos os nomes citados são ou serão alvo de investigações por parte da Lava Jato. E dentre eles, temos um presidiário condenado que está em Curitiba, todo choroso e tentando a todo custo colocar seu nome entre os presidenciáveis. Sentimos muito, mas isso não acontecerá. Já falamos sobre isso em outro artigo.

Pois bem, como se já não bastasse o nome de Jair Messias entre os presenciáveis (estando em primeiro em várias pesquisas), eis que um nome aparece como seu vice, para causar ataques cardíacos na esgotosfera da esquerda nacional. Só de mencionar esse nome, tem nomes vermelhos que se mordem de raiva.

A doutora Janaina Conceição Paschoal, conhecida nacionalmente como Janaina Paschoal, é o nome cotadíssimo para vice de Bolsonaro. Temos certeza que o esquerdista que leu isso agora teve um ataque de caganeira.

Ela ficou nacionalmente conhecida ao ser uma das autoras do processo de impeachment contra a ex presidente petista Dilma Vana Rousseff. Junto a outros nomes pesados do judiciário brasileiro, como Helio Bicudo e Miguel Reale Jr, esteve a frente de um processo tenso e que se mostrou vitorioso.

A partir desse momento, passou a ser alvo freqüente de ataques verbais e até físicos por parte da matilha petista. Sua vida se tornou extremamente perseguida, chegando ao absurdo de conviver com alunos raivosos na USP, onde é professora de direito. Muito complicado.

No mundo politico, ela também teve que enfrentar muitas tempestades. No Senado teve que calar a boca de senadores que insistiam na inocência de Dilma e presumindo que tudo não passava de um golpe, mantra repetido até hoje pela militância petista, mas que ela tirou de letra com toda sua sapiência jurídica. Um show de sabedoria que fez os senadores ficarem com os rabos entre as pernas. Não, não é um metáfora com cachorros e sim com ratos.

Uma atropelada colossal da doutora Janaina foi pra cima de Gleisi Hoffmann. A narizinho de plástico foi humilhada pela Dra e ficou com cara de bunda. Gleisi ficou melindrada e quis mandar Janaina se calar. Coitada. Tomou uma invertida que ficou pra história. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

A esperança do Brasil está nessa dupla. Pelo que se sabe até o momento, o nome de Janaina Paschoal ainda não foi oficializado como vice de Bolsonaro, apesar do partido garantir que o nome é o dela mesmo. A torcida é pra que seja oficializado em breve. O Brasil precisa voltar a ser respeitado. Chega de passarmos vergonha no mundo. Chega de sermos motivo de chacota em todas as partes do globo terrestre. Precisamos e necessitamos urgentemente de um choque de realidade aqui. Dessa vez é: ou vai ou racha!

bolsonaro1

#JairEJanaina2018

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018