A Ursal (e Foro de SP) tem que ser levada a sério! | Politicos Do Brazil
A Ursal (e Foro de SP) tem que ser levada a sério!
Por admin
12/08/2018

Na semana passada o Brasil parou para assistir ao primeiro debate dos presidenciáveis. O evento ocorreu na Bandeirantes e teve como presentes Bolsonaro, Cabo Daciolo, Guilherme Boulos, Marina Silva, Alvaro Dias,  Ciro Gomes e Geraldo Alckmin.

O debate teve momentos curiosos, um deles quando Ciro Gomes disse que se for eleito, vai “perdoar” as dividas de todos os brasileiros que estão no SPC/SERASA. Sim, ele disse isso. Tipo, com um eventual (impossível acontecer) governo do coronel cearense, eis que com um pouco de pó de pirlimpimpim, todos os brasileiros com dividas de até 1400 reais (mais que o salário mínimo) terão suas dividas perdoadas. Porque segundo o cidadão, isso irá aquecer a economia. Ele só esqueceu um detalhe: comprar e não pagar vai girar qual economia, sendo que o dinheiro não entra? É um gênio. Só que não.

Tivemos também momentos de colocar malucos no seu devido lugar. Isso aconteceu quando Boulos, o invasor de propriedades alheia e que se orgulha disso, indagou Bolsonaro sobre o auxilio moradia que ele recebe, perguntando se o mesmo não achava isso imoral. Bolsonaro, calmo e sereno, disse que não seria imoral porque é uma lei (no que ele está correto) e aproveitou pra dizer ao maluco do MTST que imoral mesmo é invadir propriedades (além de imoral, é crime), chamando-o de desqualificado e ignorando-o solenemente.

Mas é claro que em algum momento foi levantado um assunto sério. E isso coube ao Cabo Daciolo (não sabemos quem é). Ele perguntou diretamente ao coronel cearense Ciro Gomes se o mesmo sabia ou já tinha ouvido falar da URSAL. Prontamente Ciro, mentiroso como sempre, negou a ofensiva de Daciolo. Só que o cidadão questionado conhece muito bem o assunto. Em vários vídeos no YouTube é possível vê-lo comentar sobre o assunto com muita tranquilidade.

O termo levantado virou assunto rapidamente nas redes sociais e muita gente se perguntava que diabos era aquilo. Alguns sites, de esquerda, chegaram a fazer chacota sobre o tema e dizendo com ênfase que isso era apenas teoria da conspiração e nada disso existia. Em resumo, a URSAL foi renegada a segundo plano por esses sites de maneira patética. Só que isso não poderia ter sido tratado dessa maneira…

Pra quem não sabe ou nunca ouviu falar, a URSAL é a União das Repúblicas Socialistas da América Latina. Ou seja, é uma instituição criada para abrigar os países socialistas que fazem parte da América Latina, que compreende América do Sul, Norte (México) e Central. Percebem que o negócio é sério, não é mesmo? Em linguagem rude, significa um plano para a esquerda tomar o poder em todos os países que fazem parte do continente americano, exceto EUA e Canadá. Um plano perigoso para a democracia dos países envolvidos.

Esse assunto ficou adormecido por muito tempo, assim como o Foro de São Paulo, que só é mencionado em momentos pontuais, quando na verdade deveriam (ambos) serem mencionados sempre. Aliás, o blog já falou sobre o Foro nesse artigo. Leiam e entendam a gravidade do assunto.

Apesar do tom até infantil que foi tratado na mídia, a URSAL (assim como o Foro) precisam imediatamente serem levados muito a sério. Planos malignos da esquerda de tomarem conta da soberania dos países latino americanos não podem ser tomados como ideias estapafúrdias. Tudo bem que o cidadão que levantou a lebre não tem um histórico muito confiável (foi expulso do PSOL e é comunista confesso), além de não ser muito conhecido nacionalmente, mas ele fez um favor muito grande para todos os brasileiros.

Procurem na internet, pesquisem em livros, em qualquer lugar e levem a sério essa questão. A URSAL e Foro de São Paulo são perigos concretos. Não podem ser desprezados de maneira alguma. E o próximo presidente da República precisa agir com muito rigor contra essas duas faces do diabo vermelho. O assunto é seríssimo!!!!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

 

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018