A lei da Ficha Limpa é clara: condenado e presidiário não pode concorrer! | Politicos Do Brazil
A lei da Ficha Limpa é clara: condenado e presidiário não pode concorrer!
Por admin
31/08/2018

O ano é 2010. Naquele longínquo ano, uma lei de iniciativa popular e referendada pela Câmara dos Deputados, Senadores, o presidente da época (Luiz Inácio) e o Supremo Tribunal Federal, iria mudar e causar um impacto gigantesco na política nacional brasileira do Brasil de meu DEUS.

A essa lei foi dado o nome de Lei da Ficha Limpa. Um nome perfeito.

A tão falada lei diz que políticos condenados em segunda instância não podem concorrer a nenhum cargo eletivo, seja na esfera municipal, estadual e muito menos federal. Está assim na lei. Sem tirar, nem por. Texto claro. Apenas cegos e analfabetos não podem interpretar (nem ler, claro) a dita cuja.

Mas afinal de contas, porque diabos uma lei que já tem 8 anos e será eterna, ainda rende tantas discussões de boteco pelo Brasil afora? Tá bom, não é todo mundo que discute isso. São apenas os militantes da esquerda. O problema é que essa turba tem muitos representantes. E fazem barulho. Um barulho caótico, pra sermos bem sinceros.

A resposta é simples. O ano de 2018 vai ser, sem nenhuma dúvida, a disputa mais ferrenha pelo cargo politico mais alto da nação. O cargo de presidente é a menina dos olhos de qualquer politico. É a cereja do bolo. É a coroa da rainha. É a goiabada do Romeu e Julieta. Ai cabe uma indagação: por que tanto tesão por um cargo, sendo que TODOS eles dizem que o país tem problemas imensos? Digam nos comentários.

E nessa disputa de pitbulls, um nome vem causando enjoo só de ser mencionado. E todos (as) irão entender o porque disso.

Seu nome é Luiz Inácio da Silva. Todos o conhecem e não precisamos dar uma nota pra falar apenas do cidadão. Ele foi citado no começo da matéria. Ele foi o presidente responsável por sancionar essa lei porreta! E hoje se faz de tonto, querendo a todo custo ser candidato ao cargo de presidente do nosso querido Brasil. O mesmo Brasil que ele, junto a sua turma toda, simplesmente estuprou em 14 anos de governo.

Por mais louco que possa parecer, o mesmo que defere uma lei é o mesmo que a chama de inconstitucional. Atenção para um dado: ela está na constituição. É uma emenda? Sim. Mas está lá.

A fome de um poder que beira a demência é o estopim para alguém querer passar, com todas as pernas e não todos os dedos, por cima de tudo e de todos. Leis não existem, não importa que o cidadão seja o responsável pela mesma. Assinado e documentado. Sem deixar dúvida nenhuma.

A situação do condenado e preso de Curitiba é essa. É inelegível. Sua mão assinou isso. Ele mesmo se enforcou. Evidente que em sua cabeça, ele jamais imaginaria que seria preso. Se julga acima do bem e do mal. Mas para sua surpresa, a lei funcionou para ele também. E é assim que deve ser. Igual para todos. Sem distinção. Obrigado Sérgio Moro. Obrigado TRF4. Obrigado STJ. Obrigado STF (sim, nessa história eles merecem os parabéns).

O Brasil espera a decisão correta do TSE (Tribula Superior Eleitoral). A decisão de indeferir a candidatura de Luiz Inácio. Atenção: não se trata de uma repulsa apenas pelo elemento em si, a repulsa é pela corrupção e isso não escolhe nome. A classe politica está em 99.9% nessa lama.

Lembramos sempre: ser honesto não é uma qualidade, tem que ser uma obrigação!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018