O dia “B” está chegando! | Politicos Do Brazil
O dia “B” está chegando!
Por admin
05/10/2018

Esse é o ultimo artigo que faremos antes das eleições gerais de 2018, que irão acontecer no dia 07/10. Por isso é de suma importância que prestem muita atenção no teor das palavras que virão logo abaixo.

O momento que todos esperavam com muita ansiedade está batendo a porta. A tão esperada oportunidade de dar um novo rumo a nossa querida nação, após longos 33 anos de uma cleptocracia assassina e abjeta, faz nosso coração bater mais forte e o coração quase saltar pela boca. Uma sensação inquietante, mas ao mesmo tempo reconfortante e muito gostosa de sentir.

Essas eleições tem tudo para serem históricas. E serão, no que depender do grande número de brasileiros (as) que estão com muita vontade de fazerem história e construirem uma nova pátria para seus filhos e netos. Talvez até bisnetos…

Ter a chance concreta de extirpar o mal pela raíz, o mal que vem tirando a esperança de todos (ou quase) desde que nos tornamos uma “DEMOcracia”está fazendo nascer no peito de muitos (muitos mesmo) o orgulho de ser patriota, de colocar o Brasil acima de tudo e DEUS sempre acima de todos! O orgulho verde e amarela varre o país, do Oiapoque ao Chuí. Em todos os cantos desse rincão brasileiro ecoam os gritos dos habitantes sedentos por finalmente ver o gigante acordar!

O socialismo/comunismo podre e fétido está com os dias por um fio. A demência de governantes que fizeram de nosso país uma ponte para a vida fácil, ao custo da morte de inocentes, a desesperança, a falta de perspectiva de um futuro promissor, tudo de ruim que permeia a vida desses maléficos da esquerda vai finalmente ser enterrada para todo o sempre. A esperança vai vencer o medo! O Brasil tem jeito sim!

O homem escolhido para essa tarefa árdua chama-se Jair Messias Bolsonaro.

Ele que vem sofrendo, tanto psicologicamente quanto fisicamente, ataques covardes vindo de todos os lados da esquerda mantém-se forte e sereno. Sua paz de espirito é espetacular. O modo como ele se dirige a nação, mostrando a serenidade de alguém que sabe a responsabilidade que tem, transmite a todos (as) mais do que uma esperança. Mostra a concretude de, além das palavras, atitudes de um homem focado em refazer a história. A grande possibilidade que vem a tona é de que teremos um país antes de Bolsonaro e outro pós Bolsonaro.

O país pré Bolsonaro todos sabem como era. Frio. Agonizante. Desesperançoso. Sem perspectivas. Sempre nas mãos dos mesmos (excetuando o período militar). Uma turba de marginais que apenas assaltaram os cofres do nosso gigante varonil. Enfim, um Brasil sem ordem e muito menos progresso. Alguém que tenha ao menos um neurônio e saiba andar, pensa em continuar essa sina? Somente os que se locupletaram do nosso país irão responder sim a essa questão importantíssima.

Chega disso! Queremos um pais forte. Um país que seja respeitado por todas as grandes nações do mundo. Quando dizemos nações, não mencionamos os países periféricos e muitos menos os comunistas. Esses ninguém quer amizade. Estamos falando de EUA, Alemanha, Itália, Espanha, Canadá, Inglaterra, etc… um país gigantes se faz com países amigos da mesma grandeza. Chega de Mercosul!

Na foto abaixo, vocês podem ver a imagem dos culpados pelo retrocesso que nosso país vive. Todos farinha do mesmo saco. Todos culpados direta e indiretamente pela nossa desgraça. Só faltou o maior de todos. Não estava na foto porque está preso em outro compromisso, lá em Curitiba.

atraso_diab

Terminando o artigo gostaríamos de pedir o seguinte: no dia da votação, pensem no país e não em seu próprio umbigo. Pense verdadeiramente qual país você quer deixar para as futuras gerações. O país de antes, onde imperava o mal, ou o país que se desenha outrora, onde o bem vai prevalecer e seremos finalmente um país gigante pela própria natureza. A escolha é sua.

O dia “B” está chegando!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018