Liberland: O menor e melhor país do mundo | Politicos Do Brazil
Liberland: O menor e melhor país do mundo
Por admin
20/05/2015

Leitor, você já imaginou morar num país onde as necessidades básicas de seus habitantes sejam respeitadas, onde seu dinheiro (impostos) tenha valor e seja revertido para o bem comum, que tenha uma constituição que seja respeitada ao pé da letra, enfim, um país de sonhos???

Pois bem, creio que qualquer pessoa em sã consciência deseja viver num país assim, menos os socialistas/comunistas, né? Esses só querem guerras, assassinatos, tomar de assalto propriedades alheiras e etc. Não preciso mencionar aqui o mal que esse tipo de governo oferece, pra isso sugiro que você leia. Ok?

Voltando…

Esse país, acreditem, já existe! Quer dizer, quase, ele ainda não é totalmente reconhecido, mas está caminhando pra isso. Faltam muitas coisas ainda, principalmente a infraestrutura que qualquer país precisa.

Convém dizer aqui que o país tem 1 mês (!) de vida, ou seja, está no comecinho de vida. Mas tem potencial…

Esse micro país de 7 km quadrados fica encravado entre a Sérvia e a Croácia, no meio do rio Danúbio e se chama República Livre de Liberland. Nome mais que sugestivo hein?

A pessoa por trás desse micro país é um analista financeiro de origem tcheca com o nome de Vít Jedlicka, ele é o presidente, afinal ele quem cravou a bandeira no pequeno pedaço de terrra. Nada mais justo.

Segundo um site criado para divulgar a nova nação, o micro país já conta com mais de 300 mil pedidos de cidadania… leram bem? Mais de 300 mil!!! E não tem nem um mês de vida ainda…

Até o momento, o micro país tem se mostrado muito bem organizado, já possui um esboço de constituição, uma bandeira (ver imagem abaixo), um código legal, um lema (para viver e deixar viver) e um brasão.

Pois é, muito mais organizado que muitos países que já existem `a séculos!

bandeira país Liberland

Por enquanto, o micro país tem um consulado honorário na Sérvia e mais de 100 titulos honorários de cidadania.

Até o momento, nenhum país reconheceu a legitimidade de Liberland, nem mesmo Sérvia e Croácia, justamente onde o micro país está encravado. Isso dificulta a criação definitiva do país, já que fica impedido de fazer o chamado comércio exterior.

Para migrar até o micro país, ficam de fora pessoas com antecedentes criminais e ideologias totalitárias de governo (sem chance para os socialistas/comunistas). Isso pode ser visto como uma segregação, mas mesmo assim seu processo de imigração se mostra como um dos mais democráticos do mundo.

fundadores Liberland

Apesar de ainda não ser reconhecido como um país, o presidente Vít Jedlicka recebeu à alguns dias atrás uma declaração de reconhecimento do jornal americano USA Today. Ou seja, não é pouca coisa, certo?

Para conhecer a história completa do micro país, clique no link abaixo. A matéria está no site SpotNiks.

A história completa do micro país Liberland

Deixo também o link do jornal inglês The Guardian falando sobre o mais novo país.

Matéria sobre Liberland no The Guardian (em inglês)

Sonho de viver num país assim…

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018