Dilma, a mulher sapiens, adora uma mandioca! | Politicos Do Brazil
Dilma, a mulher sapiens, adora uma mandioca!
Por admin
08/07/2015

Ah nossa amada presidentE. Cada vez que ela fala ao microfone, seja no Oiapoque ou no Chui, percebemos o quanto somos um povo atrasado ao dar o cargo maior da nação para uma pessoa tão despreparada.

Ok, vou consertar… não foram todos, foram 54 milhões. De forma ilicita ou não, ela conseguiu se reeleger e os honestos tem que engolir essa criatura horrenda e de dificilima compreensão quando abre a boca.

Por que repetir tanto que ela não sabe se fazer entender? Simples.

Essa senhora que provoca náuseas em pessoas honestas (até provem o contrário), no ultimo mês de junho, criou uma nova variedade na espécie humana.

Quem frequentou a escola pelo menos até o antigo colegial e não dormiu nas aulas de história (ok, era muito dificil não dormir), sabe que na história da evolução humana o único termo conhecido e mencionado sempre foi homo sapiens. É dele que descendem todos os humanos. É o ancestral humano. E o termo é usado para homens e mulheres, sem distinção.

Pois bem, a nossa Dilma Paz & Amor inventou o mulher sapiens… sim, é isso mesmo, ela inventou esse termo. O que ela quis dizer? Não sei. Vocês sabem?

Ah, ela disse num evento realizado no estádio Mané Garrincha – sim, aquele feito para Copa 2014 com dinheiro público, que consumiu mais de 1 bilhão de reais, e que hoje está jogado às traças – para os jogos mundiais dos povos indigenas.

No mesmo evento ela disse que a mandioca (?) é uma das maiores conquistas do Brasil! Oi? Saudar como conquista um tubérculo???? Pode isso, Arnaldo???

Ela sabe que a mandioca é originária do Brasil? Como pode ser uma conquista algo que é originário do próprio país? E ela sabe também que hoje o maior produtor de mandioca mundial é a Nigéria????

Enfim, vejam a entrevista patética dessa patética pessoa eleita por patéticos eleitores:

Até o próximo artigo!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2017