Eu tenho um sonho… (I have a dream) | Politicos Do Brazil
Eu tenho um sonho… (I have a dream)
Por admin
23/07/2015

Parafraseando a famosa frase de Martin Luther King, quando ele disse para uma platéia de negros que ele teve um sonho de ver todas as pessoas serem tratadas como iguais, sem distinção da cor da pele, eu também tenho um sonho…

Claro, meu sonho engloba também a igualdade racial, mas não essa que é imposta pelo governo, na base da força, de dia em calendário, de cotas raciais…. não, eu sou mais justo. O negro não quer esmolas, ele não quer que alguém o “aceite” por obrigação de um dia, de um decreto, de um projeto de lei, cotas, ele quer o seu direito, o que prega a constituição e ainda mais, o que prega a lei de DEUS, a igualdade entre os povos. É difícil? Não, basta vontade de fazer…

Mas meu sonho vai mais além…

No meu sonho, o Brasil finalmente consegue ser um país justo, onde seus habitantes tem condições plenas de vida, seus direitos totalmente adquiridos e praticados. Todos tem emprego, moradia, segurança, saúde, enfim, tudo aquilo que é lindo na nossa constituição, mas que na prática nos é ceifado todos os dias…

lugar de sonhos

Não, no meu sonho eles não dependem da máquina do estado pra isso, mesmo porque o estado brasileiro sempre foi omisso, não é mesmo? Os direitos são conquistados através da vontade popular, nos tornamos uma nação liberal, onde praticamos o livre mercado, praticamos o livre comércio e não nos contentamos com ninharias, com a “benevolência” de programas sociais arcaicos que apenas fomentam as eleições dos trapaceiros e perpetuam sempre os mesmos dinossauros da velha politica brasileira.

O meu sonho também contempla pela meritocracia, ou seja, você alcança seus objetivos por méritos próprios e não por indicação de alguém, por puxa saquismo descarado e por ai vai… muito mais justo, não?

Também nesse sonho não existem ladainhas como homofobia, racismo, e outros termos criados e alimentados pelo PT e seus aliados, principalmente o PSOL de Jean Willys e Luciana Genro. Afinal, seria um país justo, onde todos tem seus direitos MAS também tem seus deveres e não se fazem de coitadinhos porque são homossexuais e/ou negros, indios e etc, né?

Esse sonho acaba com a história de bolsa esmola, de conluio com tomadores de terras alheias (alguém lembrou da revolução russa com suas fazendas coletivas e do MST financiado pelo PT?), de troca de favores com empreiteiras, com empresários delinquentes, enfim, toda essa porcaria que trava nosso crescimento.

Ah e também no meu sonho os impostos são revertidos para o bem estar da população, sim, nesse caso o Estado estaria fazendo nada mais que sua obrigação. Afinal, trabalhamos até maio apenas para pagar impostos… e são impostos escandinavos, mas com serviços africanos. Inadmissível!

Será que meu sonho um dia se tornará realidade?

Até o próximo artigo!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2018