Política não é profissão! | Politicos Do Brazil
Política não é profissão!
Por admin
13/10/2015

Se tem um termo que causa todo tipo de sentimentos nas pessoas, esse termo é “política”.

Mas por que? Por que tantas pessoas nutrem sentimentos distintos sobre essa palavra? Qual o “poder” que ela tem?

Para muitos, infelizmente, a política é profissão.

Sim, vocês não leram errado. Muitos brasileiros entraram ou entram na política simplesmente porque não sabiam/sabem fazer nada que prestasse/preste, que desenvolvesse/desenvolve algum dote, alguma inteligência…

Se formos nos afundar nos livros de história e estudarmos a política nacional à fundo, veremos que sempre foi assim. Sempre pessoas “imprestáveis” procuravam na política o seu porto seguro, sua maneira de ganhar a vida. Em quase 99,99% dos casos, de maneira irregular, por que não dizer ilícita mesmo…

Claro, não vamos aqui generalizar pois já dizia Nelson Rodrigues – toda unanimidade é burra – sendo assim, evidente que tivemos alguns políticos que usaram seus mandatos não apenas em seu beneficio próprio, mas com algum resquício de “bondade” para o povo brasileiro.

Não vou fazer aqui um exercício mental e me lembrar de alguns nomes, mas quem tiver em mente pode deixar o nome do politico nos comentários. Prometemos que iremos ler e, se possível, concordar ou discordar, ok?

Mas o grande tema desse artigo é colocar de uma vez por todas na cabeça das pessoas o seguinte: a política não é uma profissão e o político não é um profissional. Ele é, sendo muito bonzinho, um servidor público.

Vejam… servidor vem da palavra servir, ou seja, ele tem que servir a população que o elegeu. É simples. É fácil de entender. Não tem meio termo nem mágica.

Mas por que então um político faz da política uma profissão e, diga-se de passagem, bem vultuosa, bem remunerada? Mais ainda, por que no Brasil um politico já tem direito a aposentadoria com apenas 2 mandatos? Por que alguns políticos se gabam de ficarem 20, 30 anos usurpando o dinheiro público?

chico anysio

Pensamento de 99,99% dos políticos brasileiros

Sinceramente é algo que não conseguimos entender…

Em alguns países os políticos não recebem salário, recebem tão somente uma ajuda de custo. Talvez (praticamente certo) que essa seja a melhor medida mesmo.

No Brasil, o politico tem direito a seu salário (que não é pouco), além de auxilio isso e aquilo, vários assessores, moradia, até conta de celular… oras, isso só onera as contas públicas e fazem do Brasil um paraíso para os que vivem da política.

Pagam-se muitos impostos no Brasil e não se tem retorno disso.

Os políticos, mesmo vivendo com ótimos salários, fazem o possível e o impossível para aumentar seus próprios ordenados e na maioria das vezes o fazem na surdina, em sessões extraordinárias e, acreditem, secretas… pode isso???

Por isso defendemos o fim do salário para políticos!

Política não é profissão e por isso não deve ter salário!

No máximo uma ajuda de custo para pagar despesas de transporte e alimentação, nada além disso.

Quem entra na política deve entrar para servir ao povo e não a si próprio!

Utopia? Sonho?

Pode ser, mas é nisso que acreditamos.

Somente seremos um país igual quando tratarmos todos com igualdade. Político não é autoridade!

Nesse link deixamos um artigo do site da OAB que trata mais ou menos do mesmo tema. Claro, como é um site de advogados, os termos são mais técnicos, mas creio que valha a leitura.

Até o próximo artigo!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2017