A Amazônia é do Brasil! E não tem girafas! | Politicos Do Brazil
A Amazônia é do Brasil! E não tem girafas!
Por admin
23/08/2019

Nesses 8 meses de governo, uma constatação minha é que o presidente Bolsonaro é um homem de muita paciência. Ou então ele teve que construir essa resignação por causa do cargo que ocupa hoje. Eu sinceramente não teria essa paciência de Jó que ele vem demonstrando…

Não teve um dia, nesses mais de 240 até o momento, em que o presidente teve um minuto de sossego. Desde o raiar da aurora do dia 1 de janeiro, ele vem sendo criticado dia sim e dia sim.

Evidentemente que é preciso pontuar o seguinte: as críticas vêm apenas da esquerda. Os nojentos não se conformam e nunca se conformarão de terem sido preteridos no pleito de 2018. Mas não é surpresa. A esquerda tem esse modus operandi desde sempre.

A bola da vez das críticas é a Amazônia.

A Amazônia, que 95% das pessoas nunca se importaram, como num passe de mágica virou preocupação da geral, da arquibancada, das cadeiras cativas, enfim, todo mundo agora virou expert no assunto e resolveu dar um pitaco.

Para efeito de curiosidade, a Amazônia é uma floresta úmida que cobre a maior parte da Bacia Amazônica da América do Sul. São 7 milhões de quilômetros quadrados, dos quais 5 milhões e meio são cobertos pela floresta tropical. A região pertence a 9 nações, sendo que o Brasil tem 60% da floresta. Os outros países são Peru (13%) e partes menores que ficam na Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana Suriname e Guiana Francesa.

A região sempre foi alvo de desmatamento e queimadas clandestinas. Quando eu digo sempre, é sempre mesmo, desde a época do descobrimento do país. Naqueles idos a floresta já era devastada, seja pelos índios que aqui habitavam, seja pelos portugueses que depois vieram e pelos desbravadores, que abriram caminhos com facões, inclusive dando espaço para construção de vilas, que depois acabaram virando cidades e estados.

Portanto, não é novidade o que vem acontecendo agora com a região.

O que é novidade são as hienas que apareceram do nada, simplesmente para criticar o presidente Bolsonaro, como se ele fosse o vilão de tudo, que chegou na mata, pitou um cigarro e deixou ele cair, começando um incêndio épico, sem precedentes na história da floresta.

Bando de apedeutas!

Desse bando saem cada pérola… como por exemplo a Marina Silva, vulgo vovó dinossauro, vindo criticar o presidente pelo tamanho da área destruída, esquecendo que ela mesmo foi ministra do meio ambiente e que na sua época (governo do Loolla), o desmatamento foi o 2º maior da história brasileira, só perdendo para o período de FHC! Que moral esse ornitorrinco tem para criticar o presidente e pedir o impeachment de Ricardo Salles, atual ministro do Meio Ambiente? Nenhum!!! Zero!!! Ainda mais ela, que só aparece de 4 em 4 anos. Jurássica!

Outros matusquelas da esquerda deram seu pitaco na história. Mas são gente sem importância, pelo menos para mim, tais como Maria do Presidiário, Taliria “égua prenha” Petrone, Humcerto Bosta e outros de igual ou menor importância. A opinião dessa gentalha não tem peso algum. O próprio presidente os ignora solenemente.

Mas piada pronta mesmo são as tais “celebridades” vindo dar opinião em temas que simplesmente não tem o menor conhecimento, nem teórico e muito menos prático.

A cantora mutante Anitta é uma dessas. Num momento de puro pileque (é a única explicação que eu tenho), cuidando de suas sobrancelhas de taturana, a moça faz um vídeo criticando o que vem ocorrendo na Amazônia. Até aí, vá lá, eu relevo pois é uma doida mesmo. Mas quando ela diz que tudo é dos índios e que ela se sente na obrigação de abrir sua porta e deixar um índio dormir em sua cama e usar suas coisas, aí já é caso de hospital psiquiátrico. Claro que essa fala não tem sentido algum. E logicamente ela faria isso com vários holofotes em cima, para depois colocar em suas redes sociais, não é mesmo? Eu lembrei do presidiário de 9 dedos, que numa certa feita, depois de ter bebido muito, disse que todo brasileiro tinha uma dívida histórica com os negros, por isso teria criado um feriado só para eles, no caso homenageando Zumbi dos Palmares, logo ele que era um baita escravagista. Burrice contamina…

Se deram conta dos tipos de trogloditas que estão criticando o presidente, por causa da floresta que nunca foi assunto em nenhuma roda de conversas pelo Brasil afora? Que doidera né?

Mas tem gente de fora opinando também. O presidente da França, aquele país que foi tomado por muçulmanos e está mergulhado numa crise violenta, resolveu falar sobre o caso. Adivinhem? Disse que a Amazônia é do mundo e todos devem ficar preocupados.

O tal Macron não resolve os problemas de seu país e se acha no direito de meter o bedelho no quintal dos outros. É mole ou quer mais? Ele é o que chamamos de globalista. Assim como ele, outros malucos internacionais, tais como George Soros e Ângela Merkel, estão por aí criticando nossa política ambiental e se mostrando “comovidos” com a situação da NOSSA floresta.

A preocupação deles é apenas e tão somente com o solo brasileiro. Riquíssimo em metais, minerais, pedras e etc, sempre foi objeto de cobiça de vários países ao redor do mundo. Eles não estão preocupados com as populações ribeirinhas, com os animais, com as matas em si, nada disso. A única preocupação é monetária!

É claro que é uma preocupação sim do nosso governo e deve ser., mas é preciso também passar um pente fino nas mais de 100 mil ONGs que vivem naquela região e sugam o dinheiro público sem trazer nenhum benefício para aquela gente que vive ali.

O presidente, e eu também, imagina que essas ONGs estão por trás desses incêndios criminosos. É uma linha de raciocínio válida. Afinal, quando você tira dinheiro fácil de uma entidade, ela fará o diabo para chamar a atenção, nem que para isso vidas de animais indefesos sejam sacrificadas. Mas atenção: animais da região. Na floresta amazônica não tem girafas hein?

E peço também aqueles que criticam, que ao menos usem material atualizado. Usar material antigo, de governos anteriores, para atacar o atual, além de demonstrar ignorância, demonstra total falta de caráter.

A Amazônia é nossa!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2019