A operação Lava Jato não pode acabar! #VemPraRua4Dez | Politicos Do Brazil
A operação Lava Jato não pode acabar! #VemPraRua4Dez
Por admin
01/12/2016

Pois é pessoal, quando achávamos que a classe política brasileira estava pensando em tomar vergonha na cara de madeira que eles tem, eis que as raposas mostraram novamente suas garras.

A equipe montada por Michel Temer, o presidente, é de uma irresponsabilidade impar. Pessoas que se mostraram totalmente despreparadas pra lidar com um momento delicado da nossa história.

Obstante o fato de serem políticos e por si só fomentarem uma desconfiança gigantesca de boa parte da população brasileira, eles não se contentaram em ficar apenas no campo das hipóteses e mostraram, infelizmente, que a desconfiança estava correta. Eles são realmente um esgoto completo.

O pacote de 10 medidas contra corrupção que foi brilhantemente redigido pelo deputado Onyx Lorenzini e apresentado a população brasileira como uma medida paliativa de, ao menos, tentar estancar um pouco dessa sangria que atende pelo nome de corrupção, teve seu texto original totalmente adulterado pela canalhada presente na Câmara dos Deputados.

O que outrora se mostrava uma luz no fim do túnel, depois da votação (com mais de 300 deputados votando pela mudança e pouco mais de 100 votando pelo texto original) eis que a luz ficou negra, assim como se desenha, infelizmente, o futuro das gerações do nosso querido Brasil.

O que precisa ficar claro para os incautos é que essa mudança proposta pelo deputado Weverton Rocha (PDT-MA) é quase que o fim prematuro da Operação Lava Jato, pois em seu texto modificado ele sugere um “freio” no trabalho dos juízes e eles podem até responder judicialmente por fazerem seus trabalhos de forma correta, estranhamente por abuso de autoridade (?). A forma que nos mostrou o nível calhorda que nossa politica deixou transparecer nesses mais de 500 anos de república. Eles chegaram ao ápice da falta de escrúpulos, de algum sentimento humano, enfim, eles chegaram realmente no fundo do poço total, se chafurdaram na lama como porcos nojentos. Uma terrível lastima!

onyx

Os procuradores que estão a frente da Operação Lava Jato, Sergio Moro e Deltan Dallagnol, se mostram extremamente preocupados com essa manobra sorrateira da nossa classe politica. Para eles, a mudança ordinária no texto original pode levar ao fim SIM da Lava Jato.

O texto adulterado foi enviado em regime de urgência ao Senado, mas felizmente e por enquanto ele foi barrado. Mas é preciso ficar de “antenas ligadas” 24 horas por dia, pois todos conhecem a índole não muito correta de Renan Calheiros e sua trupe mambembe. Eles podem, no frescor da madrugada, voltarem atrás e colocarem o país no mesmo patamar de uma Venezuela.

Por todos esses acontecimentos grotescos oriundos da classe politica brasileira, faz-se necessário novamente uma mobilização nacional em caráter de urgência!

Alguns movimentos populares estão convocando as pessoas que não aceitam essas manobras politicas feitas na fuça do povo e estão chamando todos para mostrar seu descontentamento em todo território nacional e também aos que moram em outros países. A corrente tem que ser grande para mostrar as raposas de Brasília que o cidadão honesto não aceita mais ser manipulado e tratado como verdadeiro idiota! Basta! Chega!

Abaixo temos a lista atualizada de todas as cidades que irão participar dessa mega manifestação. Mesmo que sua cidade não esteja nessa lista e você deseja mostrar sua indignação, convide quantas pessoas você puder e façam sua parte. O Brasil precisa de todos! Sem exceção!

4dez1

Terminamos o artigo convocando para a mega manifestação na Avenida Paulista. Venham! Vamos mostrar nossa total indignação, nosso descontentamento gigantesco com as manobras que estão vindo de Brasília. Eles não podem e nem irão atentar contra o povo e muito menos acabar com a operação Lava Jato! #VemPraRua4Dez

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2020