Coronavírus: política ou saúde pública? | Politicos Do Brazil
Coronavírus: política ou saúde pública?
Por admin
14/03/2020

De tempos em tempos, o planeta Terra é assolado por uma epidemia ou pandemia, seja lá o que for, de doenças que fazem seus habitantes entrarem em verdadeira ebulição, isso quando não acontece um colapso civil.

A praga da vez é o tal Corona vírus.

Inicialmente descoberto na China, aquele país comunista* com pouco mais de 1 bilhão e 300 milhões de habitantes, esse vírus se espalhou pelo mundo, fazendo estardalhaços em vários países ao redor do globo terrestre.

Naquele mesmo país ultrademocrático (contém ironia), o médico responsável pela descoberta do tal vírus foi PROIBIDO de falar sobre o caso, sendo levado do laboratório onde se conheceu o tal vírus e deixado em quarentena, até vir a óbito.

Detalhe: ele alertou seus superiores do laboratório, que acionaram o governo e assim já era o tal médico. Método comum naquele país. Acompanhem o artigo e mais para a frente, irei jogar uma teoria no ar do porque isso aconteceu.

Seguindo…

Depois de infectar (e matar) alguns milhares de chineses, ele foi levado para Itália, depois Espanha, Estados Unidos e assim acabou chegando em praticamente o mundo inteiro. Digo praticamente porque a Rússia, por exemplo, não tem um caso sequer confirmado. E alguns países da América do Sul também não, como a Bolívia e da América Central, o caso de Cuba.

Na China, o vírus teria sido espalhado por causa do péssimo hábito alimentar dos chineses, que comem animais silvestres como pangolim (uma espécie de tatu), morcegos e cívet. Tais animais seriam hospedeiros do vírus e, servindo de alimento em regiões extremamente pobres, acabaram infectado as pessoas, que, por conseguinte, acabaram passando para outras pessoas.

A transmissão do Corona vírus se dá pelos seguintes fatores:

– Pelo ar (saliva, catarro, espirro, tosse);

– Por contato (beijo, aperto de mão, abraço);

– Superfícies não higienizadas (celulares, maçanetas, corrimão, botões, teclas, apoio de transportes públicos)

Como se pode notar, são muitas formas de transmissão e todas elas, sem exceção, são muito comuns no dia-a-dia das pessoas, em todo canto do mundo.

Como é feita a prevenção?

– Lavar as mãos, até a altura dos cotovelos

– Usar álcool gel

– Tossir ou espirrar, levando o cotovelo até o rosto

– Evitar multidões

– Usar máscara, se apresentar sintomas

– Evitar tocar olhos, nariz e boca, antes de limpar as mãos

– Manter distância de 1 metro, pelo menos, de pessoas que estejam tossindo ou espirrando

– Limpar com álcool os objetos tocados frequentemente

– Evitar cumprimentos com as mãos

– Evitar sair de casa, se apresentar os sintomas

– Utilizar lenços umedecidos, se tiver com o nariz escorrendo

– Passar informações corretas, sobre os métodos de prevenção

Reparem que as formas de prevenção passam, necessariamente, por ter contato com pessoas ao longo do dia. Como a pessoa pode viver assim? E seu trabalho? Estudo? Vida social? Vai tudo para o limbo?

Quais são os sintomas da doença?

– Tosse seca ou com secreção

– Febre acima de 37º

– Dificuldade respiratória aguda

– Insuficiência renal

Os dois primeiros sintomas são muito parecidos com aqueles que a gripe oferece. Uma gripe forte, é lógico, que pode levar a uma pneumonia e até a morte. Sim, uma gripe forte, seja provocada pelo Corona vírus ou não, pode matar uma pessoa.

Os outros sintomas são graves, é claro.

Falei da doença em si e tudo que cerca esse vírus.

Agora, vou levantar algumas hipóteses, porque meu blog trata de política fundamentalmente e esse problema, ao meu ver, tem tudo a ver com política.

Quem vem acompanhando o caso desde o começo, reparou que uma infecção causada por um misero vírus vem mexendo com a economia mundial? Ah, mas a China não teve reflexo algum em sua economia. Sim, é verdade. Justamente por isso, uma suposição forte acompanha meu raciocínio.

A China, país onde tudo começou, não se importou com a descoberta do médico e ignorou o aviso dele. Inclusive ele acabou morrendo “por causa” do vírus. Após isso, teria chegado a Itália, onde também deram de ombros para a doença. E assim, com toda essa passividade, o maldito vírus se espalhou.

Curiosamente, a economia vem sofrendo baques e são associados ao tal vírus.

No EUA, a Bolsa despencou. No Brasil, além da Bolsa ter despencado num patamar jamais visto nesse século, o dólar chegou ao incrível valor de 5 reais. Um absurdo econômico sem precedentes na história dos dois países.

Seria apenas coincidência dois países que tem os presidentes mais prestigiados do mundo, terem sido tão absurdamente afetados assim?

Como se sabe, tanto Trump quanto Bolsonaro, são alvos da esquerda mundial. E onde fica o epicentro da esquerda mundial? Bingo! Na China!!!!

Eu citei no começo do artigo que não tem um caso sequer na Rússia (por enquanto), por acaso esquerdista, e nem na Bolívia e Cuba (por enquanto), também de esquerda. É uma coincidência muito peculiar, no mínimo.

Existe uma teoria (que eu compactuo) de que tudo isso não passa de uma manobra política da esquerda mundial, apenas e tão somente para desestabilizar governos de países que são contrários a essa ideologia, como EUA e Brasil, evidentemente os maiores exemplos.

A peste que se tornou esse Corona vírus está mudando a rotina de várias pessoas ao redor do mundo. Empresas fechando, escolas suspendendo as aulas, enfim, uma balburdia que, salvo engano, não tem precedentes na história recente mundial.

Evidente que vou deixar de fora algumas pragas que dizimaram milhares de pessoas ao longo da história.

Vou deixar uma opinião pessoal. Não creio que o vírus seja letal. O que ele faz é baixar a imunidade de um grupo de pessoas, velhos e crianças, expondo essas pessoas a doenças que, esse sim, são letais, como a pneumonia, que já citei aqui. Também abre as portas para uma insuficiência renal, mas desde que a pessoa já tenha problemas nessa parte do corpo.

Por que digo isso? Porque as pessoas estão morrendo muito rapidamente. Não é humanamente possível que alguém venha a óbito num curto espaço de tempo, a não ser que já tenha um histórico de doenças ou então de algo como infarto fulminante. É o que eu penso.

Acho também que não é para esse alarde todo. A humanidade já passou por várias provas e conseguiu se safar de todas. Aliás, algumas doenças recentes tem uma “facilidade” maior para matar, como por exemplo a dengue, em se tratando de Brasil.

Eu creio que em pouco tempo isso vai passar e a vida voltará ao normal.

E sinceramente? Tem uma doença que é muito mais letal que esse vírus. O nome é COMUNISMO!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2020