O PT não termina suas obras no Brasil. Já no exterior… | Politicos Do Brazil
O PT não termina suas obras no Brasil. Já no exterior…
Por admin
01/09/2020

Um dos grandes problemas da classe política, que tem inúmeros nesse nosso imenso país, é aquela história de que, assim que um político termina seu mandato e o outro  vai assumir, vai “chorar” dizendo que o anterior deixou inúmeras obras inacabadas, depois de sugar os cofres públicos.

Isso é muito comum com prefeitos, governadores e presidentes, pois eles fazem parte do executivo municipal, estadual e federal. Os demais, sejam vereador e deputado estadual e/ou federal, fazem parte do legislativo e não “entram” nessa “muvuca”.

Essa história novamente se faz presente agora com  a eleição do presidente Bolsonaro.

Assim que assumiu a presidência, ele foi bem claro e disse que TERMINARIA várias obras que o PT começou e não terminou em seus longínquos 15 anos no “poder”, que começou em 2003 com o 9 dedos e terminou com por volta de 2017 com a saída da maluca Dilma e a consequente chegada do vampiro Temer à presidência. Sim, para quem não sabe ou tem problema de coeficiente mental, o senhor Temer era vice de Dilma e, por conseguinte estava envolvido na tramoia toda.

Dito isso, a primeira obra inaugurada foi a transposição do Rio Francisco, que se iniciou em 2007 e, depois de um longo tempo de petistas, foi terminado somente agora na gestão Bolsonaro. Galera são 13 anos de espera. O numero 13, numero de azar e numero da besta petista.

A esquerda, tomada pela demência de sempre, ficou cornetando nas redes sociais que o presidente estava se aproveitando de uma obra começada pelo PT. Aqui cabe uma pergunta. Alguém está preocupado com quem começou? Não. O lance é que foi terminado. Para o povo que paga seus impostos, eles querem a obra feita, para se beneficiar dos impostos que foram pagos, correto?

Não preciso dizer também o tanto de dinheiro publico foi pelo ralo APENAS nessa obra ELEITOREIRA, certo? Foi muito dinheiro. Dinheiro que, evidentemente, foi desviado e parou no bolso dos canalhas de sempre.

Segundo reportagens sérias, o PT deixou o numero absurdo de mais de 140 obras inacabadas pelo país, a um custo inacreditável de mais de 100 bilhões de reais. Conseguem acreditar nisso? Eu consigo, visto os atores dessa peça macabra.

Essa semana, mais uma vez o presidente inaugurou várias outras obras deixadas pelo petismo. E adivinhem o que aconteceu? Novamente a esquerda ridicularizou o feito, dizendo novamente que o presidente estava novamente terminando obras que tinham sido começadas na gestão petista. Pausa para respirar…

O PT, como é de conhecimento público, é uma organização criminosa. Todas essas obras e outras coisas mais renderam bilhões de reais ao partido. Até mesmo Gilmar Mendes veja só a loucura, chamou a gestão petista de CLEPTOCRACIA. Quem não se lembra dessa pérola?

São várias anomalias que só a esquerda consegue produzir.

Só que o  PT não termina obras apenas no Brasil.

Vejam as obras que o partido fez com muito dinheiro público. Só que em outros países. E por coincidência todos esses países são alinhados com o PT. Vai desde metro na Venezuela, até um porto de ultima geração em Cuba, inaugurado com todo orgulho possível pela ex-presidente Dilmanta. Absurdo? Claro. Roubo? Descarado! Alguém foi preso? Não. Vai ser? Duvido.

São 20 obras. Isso mesmo, 20 obras! Acompanhem:

  • Via Expressa Luanda/ Kifangondo – Valor não foi informado. Empresa Queiroz Galvão;
  • Renovação da rede de gasodutos em Montevideo (Uruguais) – Valor não informado. Empresa OAS;
  • Abastecimento de água da capital peruana – Projeto Bayovar (Peru) – Valor não informado. Empresa Andrade Gutierrez;
  • Exportação de 20 aviões (Argentina) – Valor 595 milhões de dólares – Empresa Embraer;
  • Exportação de 127 ônibus (Colômbia) – Valor 26,8 milhões de dólares – Empresa San Marino;
  • Projeto Hacia el Norte – Rurrenabaque El Choro (Bolívia) – Valor 199 milhões de dólares – Empresa Queiroz Galvão;
  • Hidrelétrica de Tumarín (Nicarágua) – Valor 1,1 bilhão de dólares (343 milhões de dólares) – Empresa Queiroz Galvão – A Eletrobrás participa do consórcio que irá gerir a hidroelétrica;
  • BRT da capital Maputo (Moçambique) – Valor 220 milhões de dólares, sendo 180 milhões por parte do BNDES;
  • Aeroporto de Nacala (Moçambique) – Valor 200 milhões de dólares, sendo 125 milhões por parte do BNDES;
  • Barragem de Moamba Major (Moçambique) – Valor 460 milhões de dólares, sendo 350 milhões por parte do BNDES – Empresa Andrade Gutierrez;
  • Segunda ponte sobre o rio Orinoco (Venezuela) – Valor 1,2 bilhões de dólares, sendo 300 milhões por parte do BNDES – Empresa Odebretch;
  • Linhas 3 e 4 do Metrô de Caracas (Venezuela) – Valor 732 milhões de dólares – Empresa Odebretch;
  • Soterramento do Ferrocarril Sarmiento (Argentina) – Valor 1,5 bilhões de dólares – Empresa Odebretch;
  • Aqueduto de Chaco (Argentina) – Valor 180 milhões totalmente pagos pelo BNDES – Empresa OAS;
  • Autopista Madden/Colón (Panamá) – Valor 152,8 milhões de dólares – Empresa Odebretch;
  • Metrô Cidade do Panamá (Panamá) – Valor 1 bilhão de dólares – Empresa Odebretch;
  • Hidroelétrica de Chaglla (Peru) – Valor 1,2 bilhoes de dólares, sendo 320 milhões pagos pela BNDES – Empresa Odebretch;
  • Hidrelétrica Manduriacu (Equador) – Valor 124,8 milhões, sendo 90 milhões pagos pelo BNDES – Empresa Odebretch;
  • Hidrelétrica de San Francisco (Equador) – 243 milhões de dólares – Empresa Odebretch;
  • Porto de Mariel (Cuba) – 957 milhões de dólares, sendo 682 milhões pagos pelo BNDES – Empresa Odebretch

Como vocês puderam notar, metade das obras tem a assinatura da Odebretch, a empresa que tem uma planilha com os nomes de vários políticos que receberam (ou ainda recebem) propina. Conseguem entender quanto dinheiro publica foi jogado no lixo, para enriquecer políticos ladrões? Tudo isso em absurdos 15 anos de gestão cleptocrata dessa quadrilha imunda, que assaltou os bancos públicos com a maior cara de pau! Canalhas, mil vezes canalhas!

Essa gentalha que critica a rapidez do presidente em tocar as obras que fazem o país andar. Mas as obras em países alinhados com a mente perturbadora petista foram feitas em tempo recorde, não é mesmo?

Por essas e outras é que posso afirmar com toda convicção: “NEM TODO PETISTA É LADRÃO, MAS TODO LADRÃO É PETISTA”!

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2020