Rodrigo Maia, amigo de Kim Kataguiri, está prevaricando! | Politicos Do Brazil
Rodrigo Maia, amigo de Kim Kataguiri, está prevaricando!
Por admin
15/08/2020

O significado de prevaricar é:

“Deixar de cumprir uma obrigação, um dever: prevaricar as normas”. Num sentido jurídico é: “Consiste em retardar ou deixar de praticar ato de ofício, ou praticá-lo contra disposições legais, por interesse ou má fé, geralmente, cometido pelo funcionário público”.

O ato de prevaricar é muito comum no Brasil, especialmente no poder público, indo desde os vereadores (que eu acho um gasto desnecessário), indo até os deputados federais e senadores. Não estou incluindo o mandatário da nação, porque esse cargo é isento de prevaricar, já que ele não faz lei alguma.

Dito isso, vamos falar de um personagem patético da nossa política nacional brasileira.

Me refiro ao debilóide Rodrigo Maia, mais conhecido como Nhonho no meio político. Não estou brincando e nem sendo desrespeitoso, pois ele é assim conhecido nos corredores da Câmara dos Deputados e principalmente entre vários jornalistas brasileiros.

Será que o apelido veio por sua forma redonda ou por sua birra de bebe chorão, igualzinho o personagem criado por Roberto Gomes Bolaños? Eu acho que pelos dois motivos.

Para quem caiu de paraquedas, segue abaixo um resumo da vida dessa criatura bizarra, que está em seu sexto mandado na Câmara dos Deputados, mesmo tendo alcançado parcos 74 mil votos e conseguido o mandato apenas pela coligação partidária, outra aberração que só existe por aqui. Boa leitura. Ou não.

“Rodrigo Felinto Ibarra Epitácio Maia nasceu em Santiago, no dia 12 junho de 1970, tendo, portanto, 50 anos completos. Ele nasceu no Chile (mais abaixo falo sobre isso, porém tem nacionalidade brasileira, filiado ao partido dos demônios (Democratas). É atualmente presidente da Câmara dos Deputados, reeleito para o biênio 2019-2021. Está em seu sexto mandato. Ele é filho de outro político igualmente desqualificado, pois seu pai é Cesar Maia, um dos piores prefeitos que a cidade do RJ já teve. Não tem curso superior. É casado com Patrícia Vasconcelos (?) e pais de cinco (!) filhos. ”

Sim, meus leitores e leitoras, esse é o presidente da Câmara dos Deputados, responsável por dar prosseguimento ou arquivar requerimentos, leis e afins na casa. Sem o crivo dele, nada pode ser feito ou desfeito por ali e muitas leis acabam sendo jogados na gaveta e esquecidas para sempre.

Uma observação importante. Rodrigo Maia NÃO é brasileiro nato, apesar da manobra feita por seu pai, e, portanto, NÃO poderia concorrer ao cargo de presidente da casa e muito menos ter essa cacetada de mandatos como deputado federal. Na verdade, ele nem poderia estar na vida pública. Evidente que só conseguiu isso com a ascensão política que seu pai sempre teve.

Eu já fiz um artigo aqui sobre o Nhonho. Lá eu deixei bem claro o quão birrento é essa criatura. Não sabe lidar com críticas e faz de tudo para calar seus “inimigos”. Basta ver que ele é um feroz defensor da PL das Fake News. Por isso ele já merece ser criticado por toda miserável vida, não é mesmo?

Mas a maneira sorrateira como ele vem prevaricando diversas PLs que chegam à sua mesa é algo constrangedor.

Só para terem uma ideia, vou enumerar algumas propostas que estão na gaveta do Nhonho e que ele não tem a menor vontade de avançar com esses projetos.

  • Ele está segurando o avanço das pautas aprovadas pelo Senado, consideradas como reações ao Poder judiciário (STF) e à Operação Lava Jato. Para quem não sabe, ele aparece em delações da Lava Jato, como suposto beneficiário de um esquema da Odebretch, onde ele aparece como Botafogo nas planilhas da empresa, na ordem de 950 mil reais;
  • Ele retirou da pauta a reforma administrativa do governo Bolsonaro;
  • Ele está travando a quase 1 ano a PEC da prisão em segunda instância, porque não quer “enfrentar” o STF. Segundo ele, a segunda instância não é medida de urgência;
  • Em plena pandemia, ele está travando o projeto do Senado que beneficia trabalhadores e aposentados.

Como se pode ver, o dom desse cidadão é prevaricar, sendo em benefício próprio.

Ele merece todas críticas possíveis, menos do pastel de flango Kim Kataguiri, que não tece uma crítica sequer a ele. Por que? Não sei. Poderia confabular algo aqui, mas não quero ser indelicado.

Mas realmente me chama atenção ver que nas redes sociais do Kim, principalmente no Facebook, ele critica todo dia o presidente Bolsonaro, mas não dá um pio sobre seu pai de mentira. É estranho. No mínimo.

Em breve, um próximo artigo. Até lá!

Um blog que fala de política, que não tem rabo preso com partido algum e apenas transmite as noticias cotidianas da política nacional e internacional.
Todos os direitos reservados - 2014 - 2020